105º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Já percebi que quando fico sozinho fico meio deprê. O trabalho tava tão devagar que resolvi dar uma caminhada. Pensei em ir mais longe hoje, talvez andar uns 15 km…

andei que nem camelo no deserto
andei que nem camelo no deserto

Fui até o ateliê de pintura de uma amiga, mas não tinha ninguém lá. Como estava no meio do caminho resolvi ir até a casa da minha mãe a pé. Eu não contei, mas acho que deve ter dado uns 25km, foram 2h30 de caminhada.

Cheguei lá exausto me arrastando, mas foi bem gostoso. Aqueles vídeos sobre yoga que o médico me indicou eu gravei tudo em mp3 e fui ouvindo no caminho. Sedento de sede apertei a campainha e nada. Putz não tinha ninguém em casa e o pior é que já estava formando umas nuvens enormes de chuva.

Liguei pra mamis e ela disse que estava chegando. Como estava morrendo de sede resolvi ir até a padaria tomar um refrigerante… Calma… comprei um H2O de limão, zero e sem açúcar. Deu uma boa refrescada.

Fiquei conversando com a mamis um tempão, foi super gostosos.

Na conversa falei que o médico tinha indicado um novo remédio para parar de comer doces. Claro que ela disse que eu não precisava disso e que era só ter força de vontade… ai ai ai, esse peso de não ter força de vontade me persegue desde quando eu era criancinha.

Expliquei que minha relação com os doces passou de ser normal a muito tempo e que minha força de vontade não tem nenhuma relação com a comilança.

Você pode até estar meio que duvidando também, mas eu explico pra você também. Existe uma diferença em parar quando você acha que comeu além da conta e ter necessidade de comer mais depois da primeira mordida. Quando eu como doce, muito em especial chocolate ou sorvete a primeira colherada é uma delícia. Aprecio o sabor a textura… mas no segundo o sabor já não é tão mais rico, mas a vontade de colocar na boca é enorme… ai eu acabo entrando num modo automático em que o sabor e o prazer de comer já não importam mais e só a quantidade é que importa.

recaptação da serotonina
recaptação da serotonina

Meu médico explicou que quando você come chocolate há uma liberação de serotonina no organismo e você tem aquela sensação de prazer, acontece que após a liberação o corpo deveria se recompor e reequilibrar a serotonina, mas em algumas pessoas, como eu, isso não acontece de maneira satisfatória. Na verdade o corpo percebe que já tem serotonina de sobra vinda do chocolate e para sua produção natural. É ai que depois do primeiro pedaço vem a vontade de comer outro e outro e outro… Quando acaba o doce eu fico com vontade de comer mais e se tiver mais eu como porque a sensação de calma e equilibrio vem daí. Igualzinho cocaína, crack e cia… claro guardada as devidas proporções o mecanismo de atuação no organismo é o mesmo. Pelo menos foi isso que eu entendi!

Por isso quando estou estressado nada mais relaxante que um monte de sorvete de flocos para desanuviar os problemas.

Vamos ver se esses comprimidos de Serotonina dão uma aliviada nestes sintomas, assim poderei comer doces como uma pessoa normal, sem ter aquela volúpia de cachorro magro de comer o máximo que dá no menor tempo possível.

Se não der certo, acho que o jeito vai ser o mesmo que muitos colegas do CCA (Comedores Compulsivos Anônimos) fazem. Abstinência total do açúcar.

Na volta pra casa caiu um toró… cheguei em casa e olhei pra sala. Tudo alagado. Sim tinha deixado todas as portas e janelas abertas. Acho que o teclado do meu computador nunca mais será o mesmo. Demorei um tempão pra enxugar tudo… Ai que cabeção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *