168º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Só Freud explica, viu!!!! É freud!
Só Freud explica!!!! É freud, viu!

Essa segunda-feira não foi um bom dia para minha dieta.

A Bibi fez no domingo um bolo de cenoura diet… mas a cobertura não foi nada diet, porque não dá pra fazer aquela cobertura crocante com adoçanta… Pelo menos não que eu saiba! Se alguém tiver uma dica manda ai!!!!

Já comecei o café da manhã comendo o bolo. Mas o desgraçado não mata a fome… em questão de meia hora já tava com fome de novo. Ai ao invés de tomar café direito eu ia lá e pegava outro pedaço de bolo. Ai… ser gordo é uma merda… uma maldição… só fico pensando em comer porcaria.

Ai, lá pelas 10 da manhã resolvi tomar um café da manhã de gente séria. 2 fatias de pão integral com requeijão. Só ai que a fome passou até por volta do meio dia. Como não tava afim de sair para almoçar, resolvi fazer um lanche de ovo. 2 ovos fritos (Sim, de novo) com pão integral e requeijão light, claro.

Matou a fome, mas a vontade de comer o bolo toda hora não passou… e persiste até agora. Que droga. Viciado não pode ter drogas em casa. Que desespero. Acho que na verdade eu nem ligo pro bolo, eu quero mesmo é ficar comendo a cobertura. Fala sério… não é desesperador.

É totalmente irracional… ainda bem que hoje eu volto para minhas sessões com a psicologa. Vou ter um monte de coisas pra falar sobre comida. Preciso descobrir a origem dessa obsessão.

Esse vício vive me passando rasteira… credo!

14 respostas para “168º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia”

  1. Boa tarde Fernando estou acompanhando seu blog/diário e estou muito feliz por você estar cada dia vencendo seus pesadelos. Bom eu estou entrando agora no processo para a realização da cirurgia bariátrica e seu blog/diário tem me ajudando bastante com duvidas corriqueiras espero daqui algum tempo estar tão realizado como você.

  2. Fernando, tratar a vontade de comer doçes como um vício não é a chave do problema ? Pois toda vez que vc. recair vai por a culpa no vício.
    Afinal comer doce é bom, e quem não gosta de coisa boa ?
    Trate a questão de forma mais objetiva. Se não pode não pode.
    Se pode apenas um pedaço então fique feliz com apenas um pedação. Deixe de ser infeliz comendo dois pedaços.
    Seja mais objetivo quanto ao problema.

  3. A melhor coisa é não ter essas porcarias á mão. Pede pra Bibi maneirar e te ajudar. Lembro de um ano que eu estava num regime ferrado e chegou o Natal. E com o Natal, chegaram os panetones… Eu lembro que eu pegava os benditos e cheirava, cheirava… Depois brigava com a minha mãe e pedia “pelamordedeus” pra tirar os panetones de casa…! Doideira, mas na época ajudou. Passei o final de ano ilesa e com 45 kg a menos!
    Eu entendo como um vício, sim, mas não dá pra e “apoiar” apenas na idéia de vicio… Como o Emerson disse, não dá pra usar como desculpa. Somos obesos (unidos, jamais serão vencidos!) e nosso vicio é a comida mesmo: doce, salgado, azedo ou amargo… comida!

    Força amiguinho. Não esquece das proteínas. Animal ou vegetal…
    Beijos!
    Ps- Depois de 2 meses de cirurgia, meus cabelos estão começando o “suicidio coletivo”… Tô tão triiiste!

  4. Oi… eu não sei… mais bolo de cenoura com chocolate é demais… lanche… ovos… bom tb! Somente nossa cabecinha pode mudar tudo… a psi pode te ajudar sim… acho que a unica pessoa… a gente fala e se conscientiza… o porque estamos comendo… uma coisa a resolver… ainda não sei como será minha vida a partir do dia 22, dia da minha gastroplastia… medo e ansiedade… mais to mais calma hoje.
    Ontem tirei fotos para meu antes(hoje 104K IMC 42) e depois que esta bem breve… o que acha de postar fotos no blog… ?
    Bom é isso amigo da luta contra a obesidade, estamos aí, em busca da qualidade de vida! Um abraço! Annie

  5. Fernando estou agora com 25 dias de operada, na última semana tenho sentido enjoos principalmente na parte da manhã. Isso aconteceu com vc? Pq isso ocorre?
    Quanto ao bolo de cenoura…depois da cirurgia descobri algo importante em mim, o prazer e a satisfação do autocontrole, eu não sabia dizer “não”, a comida já não me controla mais todos os dias, alguns dias ela perde feio. Agora sei dizer “NÃO” e isso me faz cada dia mais forte, se orgulhe dos seus nãos.

    1. Ai, eu sentia bastante… Tomava bastante água. Não sei se melhorava, mas pelo menos não piorava. Até hoje não desgrudo da minha garrafinha. Experimenta e conta!

  6. Oi Fê…
    Hj completo 28 dias de operada e as minhas vontades estão cada vez mais “loucas”. Logo após a cirurgia eu cheirava pão francês…isso mesmo….cheirava e isso me saciava. Hj em dia eu já comecei a comer algumas coisas sólidas, mas ainda não me arrisquei totalmente com os sólidos no almoço e no jantar…tenho medo de entalar, pq isso já aconteceu duas vezes até hj e o medo só faz aumentar. Minhas vontades são por salgados e não por doces, talves pq eu tomo iogurte, suco, frutas amassadas…ou seja, como coisas doces o dia todo. Adoro seu blog e ele me ajudou muito com o pós operatório. Nada é tão fácil quanto parece e é isso que as pessoas devem se conscientizar.
    Força pra nós!!!!
    Um beijo grande pra vc e para sua fiel escudeira Bibi…

      1. Oi Lú,
        Operamos no mesmo dia!
        Hj estou com 29 dias e amanhã 30. Faremos um mês na sexta feira!!!!
        Vc se sente bem? Como foram estes dias todos? Me conta tuuuuuudo!!!!
        Bjos

      2. Pts! como vc mesmo diz Fernando gordo é uma “disgrama” mesmo, eu tenho este email já a 7 anos, não posso mudá-lo pois tenho contatos profissionais, pessoais e governamentais nele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *