Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Can't connect to local MySQL server through socket '/var/lib/mysql/mysql.sock' (2) in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/storage/d/69/6b/cirurgia3/public_html/wp-content/plugins/statpress-reloaded/statpress.php on line 1786
dezembro 2010 – Página: 3 – Fiz Cirurgia Bariátrica

Mês: dezembro 2010

109º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Hoje foi um dia sossegado, apesar de ter comido 1 dadinho… Ah vai… 1 dadinho não pega nada heim!!! Pelamor!!! Culpa da minha sócia a Graziela!!!

O problema é que, como eu já disse, comeu doce uma vez a vontade louca começa. Estou tomando o remédio que o psiquiatra passou (Serotonina) para ver se essa compulsão diminui. Até agora não vi efeitos concretos mas ainda é cedo.

Malhando para lutar contra o Esqueleto... quer dizer... pra ficar como um esqueleto!!!

Malhando para lutar contra o Esqueleto... quer dizer... pra ficar como um esqueleto!!!

Hoje não fui dar uma caminhada mas fui à academia com a Bibi, fiz meia hora de esteira… não se compara às minhas caminhadas de 1h mas quebra um galho pra aquecer né. Puxei uns ferros e a noite nem conseguia colocar xampu na cabeça direito (manja quando o braço fica meio leve, esquisito por causa do esforço, então…) Mas foi sussa!

Eu não sei se contei, mas eu havia quebrado a costela no judô e por isso as vezes eu tenho que usar uma faixa elástica em torno do peito, pois hoje eu fui almoçar e a comida não descia, meu entalava e eu até achei que ia vomitar… quando tirei a faixa para ir ao banheiro com medo de chamar o hugo no meio do restaurante a comida desceu na hora!!!! Fiquei impressionado porque nem tava tão apertado assim, mas o estômago é pequenininho, qualquer coisa que aperta ele impede a comida de passar… Sinistro né!!!

Cuidado com as garfadas a mais!!!

Cuidado com as garfadas a mais!!!

Venho reparando que a cada dia que passa mais comida cabe no meu estômago, hoje comi bem pouquinho uns 300 g, mas tomei quase 600 ml de H2O de limão. Tá eu sei que líquido passa reto… mas o estômago estava cheio de comida né…

Bom fiquei numa boa, mas a noite a Bibi fez uma carne moída com legumes e com certeza eu comi mais que 300 g. Fiquei meio cheio no final, mas percebi que não precisava comer aquelas garfadas a mais. É gente… com o tempo vai cabendo mais… CUIDADO!!! Quando sentirem que já estão satisfeitos parem de comer. Não sei você, mas sempre tive a mania de ter que limpar o prato e é muito difícil deixar comida pra trás… mas tem que deixar!

Continue Reading

108º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Churros do Mal

Me come gordinho.. me come... HA HA HA !

Oi hoje eu cai em tentação outra vez… mas já conto sobre isso.

Quero responder a uma pergunta feita pela Silvia. A pergunta é a seguinte: Mesmo sendo ‘foda” como vc mesmo disse… vale a pena? está valendo? se colocar na balança.. qual lado fica vitorioso? das coisas boas ou das ruins?”

Silvia, depende muito do ponto de vista de cada um. Eu por exemplo cheguei em um ponto onde eu não só estava descontente com o meu corpo como já estava começando a ficar doente. Não vou dizer que eu não me importava em ser gordo, eu odiava, mas amava comer então eu sempre ficava entre a cruz e a espada. A saúde foi que pesou pro lado da cirurgia pois minha pressão já estava alta, vivia com dores nos joelhos, não dormia direito e não tinha ânimo para nada.

Já que iria morrer mais cedo devido a obesidade resolvi mudar minha sorte com a cirurgia. Ou eu morria na cirurgia ou morria de obesidade então preferi morrer tentando salvar minha vida.

Mas antes de fazer eu sempre desconfiava dessa história de cirurgia milagrosa, ainda mais depois que descobri que uma amiga minha que tinha feito estava voltando a engordar. Saí por ai pesquisando, em todo médico que eu ia eu conversava sobre o assunto. Não escapava um… dermatologista, oftalmologista, gastro, etc… Mas a conversa mais legal que eu tive foi com um gastro que era contra a cirurgia indicado por outro médico. Fui lá só pra conversar sobre a cirurgia, sem ter nenhum problema. Acho que ficamos conversando, pra desespero da galera lá fora e dos representantes farmacêuticos, pelo menos 1h30. Ele foi muito franco e esclarecedor a respeito dos perigos e das dificuldades pós cirurgia.

A cirurgia não é um milagre e sim um restart.

A cirurgia não é um milagre e sim um restart.

Basicamente o que ele me disse foi que a cirurgia estava na moda e as pessoas a estavam encarando como algo estético e não como problema de saúde. Quando você opta pela cirurgia você faz uma escolha entre correr o risco de morrer na mesa de operação ou correr o risco de morrer por complicações da obesidade. Além do mais a vida após a cirurgia não era todo aquele mar de rosas que as pessoas contavam por ai, o que você pode constatar aqui no blog.

Outra coisa que ele deixou bem claro foi que a cirurgia não é uma solução e sim um restart, onde você volta a vida com um estômago e um intestino de criança e tem a oportunidade de aprender a comer de novo. Agora se você vai querer reaprender  é com você.

Acontece que reaprender a comer é difícil, como você pode ver em meus relatos nesse blog.

É simplesmente lutar contra tudo o que você aprendeu até hoje relacionado a comida. Por exemplo: Eu desde criancinha me acostumei a comer um doce depois das refeições. Pode parecer a coisa mais banal do mundo pra você, mas pra mim é muito difícil deixar de comer um docinho depois das refeições. Parece que fica faltando um braço se seu não como um docinho.

Hoje por exemplo, que foi um dia morno no trabalho, o tédio faz com que eu tenha vontade de devorar doces e acabei caindo em tentação e devorei um maldito churros lotado de doce-de-leite, agora tô aqui escrevendo e passando mal. Tá é coisa da minha cabeça, ou falta de força de vontade, ou eu sou doente… seja lá o que você queira deduzir, o fato é que para mim que sou gordo é difícil me segurar, não dá pra negar. Comer passou a ser algo muito maior do que eu, por isso resolvi fazer a cirurgia.

Falar em força de vontade é sacanagem.

Falar em força de vontade é sacanagem.

Manja aquelas pessoas que tem TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) é uma doença não é… então porque comer compulsivamente não é considerado doença também? Pô chamar a gente de pessoa sem força de vontade machuca muito. É muito foda lidar com um comportamento que todos acham inadequado mas que você não consegue dar uma explicação plausível do porquê você não consegue parar. Dói-pra-ca-ra-lho, você se sente um lixo!

Cada um é gordo por um motivo, e não é por falta de força de vontade como muita gente acha por ai. No meu caso é uma doença, como compulsivamente e ponto.

Bom, desculpa o desabafo… mas voltando se vale a pena ou não.  Pra mim vale, porque minha saúde melhorou muito. Eu me sinto melhor, me canso muito menos, diabetes, pressão e até as constantes dores de cabeça que eu costumava ter não tenho mais. Apesar das dificuldades, vale muito a pena pela qualidade de vida.

Claro que a vida melhora consideravelmente nos primeiros meses, mas depois vem a parte mais difícil que é enfrentar o vício de comer e é ai que o bicho pega. Se você não estiver muito consciente de que não quer mais comer como um animal selvagem não vai funcionar, porque é fácil voltar a comer como antes… aliás é muito fácil.

Na boa… se eu quiser consigo comer uma pizza inteira de novo, basta comê-la bem devagarzinho. Posso tomar leite condensado, tomar sorvete. Se fizer devagar não passo mal. O mais difícil é superar isso, na minha opinião. Deixar de ter uma alimentação baseada na indústria alimentícia e voltar para as raízes com o bom e velho arroz com feijão, bife e salada.

Dá uma lida nesse artigo da revista época

Ou esse da revista Galileu que é mais curtinho

A cirurgia não adianta se você não mudar sua cabeça antes dela.

A cirurgia não adianta se você não mudar sua cabeça antes dela.

A cirurgia não vai adiantar se você não mudar sua cabeça e essa mudança deve começar antes da cirurgia, se não você volta a comer tudo de novo. Pra mim que trabalhei bastante isso em mim antes da cirurgia já é difícil, imagina se você não se prepara. Volta a comer como um javali.

Essa sem dúvida nenhuma é a parte mais difícil da cirurgia, mudar a cabeça e parar de pensar como gordo. Para mim está valendo a pena, mas estou consciente e sempre alerta ao perigo de voltar a comer como antes. Fora o fato de se olhar no espelho e dar uma risadinha marota e dizer pra você mesmo. Tá bonitão heim!!!! he he he

E você que já fez a cirurgia, o que acha da pergunta da Silvia?!!! Comente, participe!

 

????????

????????

E quem tiver perguntas não fique envergonhado manda bala!!! Esse é o lugar certo pra isso.

 

Continue Reading

107º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

alimentação foi tranquila!

alimentação foi tranquila!

Hoje fui um dia bem tranquilo, sem afobação para comer.

Tá certo que eu comi umas paçoquinhas dietéticas, mas nada demais.

Fomos a um restaurante e meu prato e o da Bibi pesou exatamente a mesma coisa! Não lembro o peso, mas deu R$16,57 (é que o lugar era meio caro) para os dois. A gente devia ter ganhado um prêmio. A Bibi comeu tudinho, mas eu deixei metade no prato. Depois peguei uma H2O mas dei 3 goles e não aguentei mais.

Acho que foi um domingo muito satisfatório em relação a minha alimentação.

Continue Reading

106º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Hoje fui ao CCA

Hoje fui ao CCA

Hoje fui ao CCA (Comedores Compulsivos Anônimos)

A reunião foi boa, comentei com todos que achei que depois da cirurgia seria fácil mudar meus hábitos alimentares. A cirurgia ajuda, é verdade, mas mesmo assim é difícil. Veja só, se é difícil para uma pessoa parar de fumar, imagina parar de comer. Já faz 1 semana inteira que não como açúcar e estou me sentido mais forte. As vontades de comer doces foram diminuindo, mas estão longe de sumir ainda.

A maior briga é com a cabeça e não com a balança!

Depois almocei no Subway, só consegui comer metade do lanche de 15 cm. Tentei comer o resto depois, mas fica intragável, esse lanche só pode ser comido na hora, fresquinho.

Continue Reading

105º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Já percebi que quando fico sozinho fico meio deprê. O trabalho tava tão devagar que resolvi dar uma caminhada. Pensei em ir mais longe hoje, talvez andar uns 15 km…

andei que nem camelo no deserto

andei que nem camelo no deserto

Fui até o ateliê de pintura de uma amiga, mas não tinha ninguém lá. Como estava no meio do caminho resolvi ir até a casa da minha mãe a pé. Eu não contei, mas acho que deve ter dado uns 25km, foram 2h30 de caminhada.

Cheguei lá exausto me arrastando, mas foi bem gostoso. Aqueles vídeos sobre yoga que o médico me indicou eu gravei tudo em mp3 e fui ouvindo no caminho. Sedento de sede apertei a campainha e nada. Putz não tinha ninguém em casa e o pior é que já estava formando umas nuvens enormes de chuva.

Liguei pra mamis e ela disse que estava chegando. Como estava morrendo de sede resolvi ir até a padaria tomar um refrigerante… Calma… comprei um H2O de limão, zero e sem açúcar. Deu uma boa refrescada.

Fiquei conversando com a mamis um tempão, foi super gostosos.

Na conversa falei que o médico tinha indicado um novo remédio para parar de comer doces. Claro que ela disse que eu não precisava disso e que era só ter força de vontade… ai ai ai, esse peso de não ter força de vontade me persegue desde quando eu era criancinha.

Expliquei que minha relação com os doces passou de ser normal a muito tempo e que minha força de vontade não tem nenhuma relação com a comilança.

Você pode até estar meio que duvidando também, mas eu explico pra você também. Existe uma diferença em parar quando você acha que comeu além da conta e ter necessidade de comer mais depois da primeira mordida. Quando eu como doce, muito em especial chocolate ou sorvete a primeira colherada é uma delícia. Aprecio o sabor a textura… mas no segundo o sabor já não é tão mais rico, mas a vontade de colocar na boca é enorme… ai eu acabo entrando num modo automático em que o sabor e o prazer de comer já não importam mais e só a quantidade é que importa.

recaptação da serotonina

recaptação da serotonina

Meu médico explicou que quando você come chocolate há uma liberação de serotonina no organismo e você tem aquela sensação de prazer, acontece que após a liberação o corpo deveria se recompor e reequilibrar a serotonina, mas em algumas pessoas, como eu, isso não acontece de maneira satisfatória. Na verdade o corpo percebe que já tem serotonina de sobra vinda do chocolate e para sua produção natural. É ai que depois do primeiro pedaço vem a vontade de comer outro e outro e outro… Quando acaba o doce eu fico com vontade de comer mais e se tiver mais eu como porque a sensação de calma e equilibrio vem daí. Igualzinho cocaína, crack e cia… claro guardada as devidas proporções o mecanismo de atuação no organismo é o mesmo. Pelo menos foi isso que eu entendi!

Por isso quando estou estressado nada mais relaxante que um monte de sorvete de flocos para desanuviar os problemas.

Vamos ver se esses comprimidos de Serotonina dão uma aliviada nestes sintomas, assim poderei comer doces como uma pessoa normal, sem ter aquela volúpia de cachorro magro de comer o máximo que dá no menor tempo possível.

Se não der certo, acho que o jeito vai ser o mesmo que muitos colegas do CCA (Comedores Compulsivos Anônimos) fazem. Abstinência total do açúcar.

Na volta pra casa caiu um toró… cheguei em casa e olhei pra sala. Tudo alagado. Sim tinha deixado todas as portas e janelas abertas. Acho que o teclado do meu computador nunca mais será o mesmo. Demorei um tempão pra enxugar tudo… Ai que cabeção.

Continue Reading

104º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Hoje tomei de café da manhã 2 bolachas com requeijão.

Entre as refeições tomei um iogurte, mas na hora do almoço não tinha nada na geladeira e eu não tava afim de descongelar nada e nem preparar. Foi então que eu avistei o milho de ontem.

Comi, estava ótimo. Mas me tirou completamente o apetite. Fiquei sem fome. Mais tarde fui dar uma pesquisada se milho engordava muito. A verdade é que não engorda muito não, mas é bom ter moderação. Segundo esta tabela são 150 kcal por espiga.

meu médico receitou yoga!

meu médico receitou yoga!

Fui ao médico psiquiatra (Dr. Rodrigo Croce, gente b0níssima) e comentei com ele sobre a compulsão por doces. Ele disse que a bupropiona deveria estar ajudando e disse em elevar a dose. Disse que não me sentia muito confortável com isso. Ele então disse que havia lido um artigo em inglês que nos EUA ao usarem Serotonina esses efeitos diminuiam significativamente. O problema é que a serotonina artificial é muito, digamos, frágil dentro do organismo e por isso dura muito pouco e os efeitos são pequenos, mas nesses casos parece estar surgindo efeito.

Legal, vamos experimentar então eu disse. Mas tinha uma questão, o comprimido precisa ser sublingual e não é qualquer farmácia de manipulação que faz. Bom liguei pra minha farmácia de manipulação preferida lá em Leme e eles fazem sim. Legal, já mandei um email pro médico me prescrever a receita. Vamos ver se essa compulsão doida por doces diminui.

Outra coisa que ele indicou pra controlar a compulsão foi Yoga, sim yoga! Minha psicóloga também já tinha indicado. Ele, o Dr. Rodrigo, já fez 9 anos de yoga e minha sócia a Grazi também faz e todos disseram ser excelente. Mas não me vejo numa academia fazendo AUMMMMM! Vou pensar melhor no assunto. Ele me indicou também 2 vídeos no youtube, o primeiro é “Deus me livre de ser normal” e ou outro “Medicina sem remédio”, deem uma olhada e vejam se vale a pena. Todos os vídeos são divididos em 6 partes.

[youtube=hhttp://www.youtube.com/watch?v=EIG8mfpJFjI]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Ng39A65YFiQ&feature=related]

Aproveitei e comprei meu colete. A dor agora está bem melhor, mas o colete incomoda um pouco.

Voltando pra casa, já umas 16h bateu uma fominha, foi ai que eu percebi que só tinha almoçado milho. Abri a geladeira e mandei ver em um iogurte, mas comecei a me sentir um pouco tonto e fui medir a pressão: 11×7, meio baixa né. Comi então 3 bolachas com requeijão e passou.

E eu tava todo todo porque estava seguindo direitinho as recomendações da Nutri. Vergonha, mas pelo menos não comi a mais e sim a menos né.

Continue Reading

103º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

tava bom heim!!!

tava bom heim!!!

Hoje fiz tudo certo, comi exatamente como a nutricionista mandou.

A única coisa que eu considerei um pouco excessiva foi comer um daqueles milhos gostosos que se vende na rua. Tá eu sei, a maioria é banhada em um caldo de Salmonella, mas a moça parecia tão limpinha e a água tava tão clarinha. Não resisti e pedi 2, um pra hoje e outro pra amanhã. Mas pedi pra não colocar manteiga. Foi um ótimo café da tarde.

Só não sei se um milho inteiro é engordativo. Será que é?

Cheguei a sair pra caminhar, mas começou a garoar ai fui pra casa jogar video game. Mas pra ser sincero não sei se foi uma boa idéia porque minha costelinha ainda doi um bocado.

 

Continue Reading

102º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

by Fernando on / Sem categoria

Puxão de orelha!

Puxão de orelha!

Ok, ok… tomei vários puxões de orelha de vocês, e devo ser justo… com razão.

 

Sabe, a gente se perde. A verdade é que eu sou um viciado em comer e é foda largar o vício.

Na realidade a nutricionista mandou ter uma vida normal, então uma pizza com a família  não há nada de errado. O problema é que minhas escapulidas estão ficando muito constantes como vocês podem ver. E quanto mais eu tento fugir dessas coisa mais elas me perseguem.

Hoje fiquei em casa bem quietinho, meio deprimido é verdade, mas segui direitinho a recomendação da nutricionista. Só não fui caminhar porque minha costela está doendo bastante até pra andar, acho que vou ser obrigado a comprar a tal faixa que o médico indicou para colocar em volta do corpo.

Quero agradecer a vocês amigos que me puxaram a orelha. Como diz o velho ditado: amigo não é o que aparta a briga e sim aquele que chega dando voadora. Foi ótimo para abrir meus olhos.

Tô vendo que não vai ter jeito, vou ligar para psicologa e marcar… tá muito difícil vencer as tentações sozinho, muito mesmo. Sabia que as vezes eu sonho estar comendo bolo ou sorvete! Pois é, andando na rua as vezes fico com o pensamento meio fixo em comer alguma coisa. Tortura.

O legal de escrever aqui é que eu mesmo não tinha noção de quão forte era esse vício até ver um monte de gente comentando sobre minhas loucuras. Muito obrigado pelas broncas e que meus erros sirvam de lição para todo mundo! Torçam por mim porque eu não vou desistir tão fácil!!!

Continue Reading