248º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Hoje não fui no CCA porque a Bibi ficou meio doentinha e resolvi ficar pra cuidar dela.

Mas depois fui almoçar na casa da mamãe… Tinha uma muqueca deliciosa… humm… e de quebra ovo de páscoa super mega recheado que meu irmão ganhou. Comi pouquinho pra não passar mal, mas a vontade era comer um montão.

—–

informação real é escassa na internet
informação real é escassa na internet

Tenho que falar uma coisa. Quando tive a idéia de escrever um blog contando dia após dia da cirurgia bariátrica foi porque havia muita informação na internet, porém nenhuma que me dissesse como era de verdade.

 

Eram sempre sites onde mostravam só os excelentes resultados, os antes e os depois, mas ninguém falava da parte chata, da parte difícil ou coisa assim. Tanto que eu até evito ficar colocando fotos de antes e depois… deve ter umas 3 no site todo.

Antes de fazer a cirurgia eu pesquisei muito e descobri que ela não era esse mar de rosas todo que o pessoal comentava.

Tava faltando sinceridade nesse negócio. Então resolvi escrever dia a dia, não só para que eu tivesse um registro disso, mas que todas as pessoas pudessem ver como é a recuperação de verdade.

Porque a sensação que dava era que depois da cirurgia sua vida muda pra melhor e pronto, você volta a vida normal e tudo bem. Na na ni na não.

é difícil de parar de comer do dia para a noite.
é difícil de parar de comer do dia para a noite.

Eu acho que esse blog mostra bem isso. Não é assim tão fácil parar de comer como um tresloucado. A cirurgia resolve… SIM, mas é provisória. Se você quiser emagrecer e continuar magro tem que mudar de vida.

 

Então esse blog, de repente, passou a ser de um gordinho gastroplastizado  para um comedor compulsivo em recuperação.

Sim emagreci e continuo emagrecendo, mas a cabeça ainda é de gordo e vivo pisando na bola porque estou aprendendo a me alimentar.

Vira e mexe eu tenho recaídas de comilança e sou devidamente punido com um belo Dumping. Claro que não sou o doido que talvez eu aparente ser aqui no blog. Mais acerto do que erro, mas acabo colocando meus erros aqui até como forma de desabafo. E eles acabem ficando mais em evidência do que meus acertos.

Dessa forma vou aprendendo a comer como um ser humano normal. Não dá pra deixar de ser um ogro alimentar em três horas de cirurgia. Essa mudança vai acontecendo aos poucos e é isso que eu estou tentando mostrar aqui.

Parem de falar que eu não sou exemplo pra ninguém porque esse negócio de exemplo é ilusão, coisa de história em quadrinhos.  Seria ridículo eu ficar aqui dando uma de bom moço e mostrando pra todo mundo como eu faço coisa bonitinha pra não engordar… As Favas!!!! É foda parar de comer… e eu acho que todo mundo que fez a cirurgia passa pelo que eu passo. É difícil recusar um bombom, um ovo de páscoa, uma coxinha. É difícil porque eu fiz isso a minha vida inteira de maneira descabida. E acho que todo mundo que chegou aos seus 145 kg não foi porque comeu verdura a vida toda.

800 acessos por dia
800 acessos por dia

Estou tentando mudar minha vida e procuro mostrar essa transformação pra vocês. Não quer dizer que é fácil. Pode ser fácil pra você, mas pra mim não é não e não tenho vergonha de falar isso. Sou um cara normal como você e tenho meus dias de luz e de sombra como todo munto. Antes esse blog era só um diário para que eu pudesse recordar essa jornada. Hoje tem 800 acessos por dia. Coisa que eu nunca imaginei e talvez por isso algumas pessoas me confundem com alguma espécie de exemplo a ser seguido… sei lá.

 

Não sou um exemplo a ser seguido, talvez, como alguns já disseram, um exemplo a não ser seguido.

Mas a verdade é que todos passam pelas coisas que eu estou passando. Alguns resistem às tentações mais que outros, mas o fato é que todo mundo uma hora dá um deslize.

Sou humano e não herói ok. Estou tentando entender esse negócio de comer muito como todo mundo que faz essa cirurgia.

Não importa o que você acha, mas comer muito pra mim nunca foi uma opção e sim uma necessidade. Dá onde vem essa necessidade tão grande eu ainda não sei. Mas ela existe e estou tentando lidar com ela diariamente. Tem dia que eu ganho, tem dia que a tentação ganha.

Nessa luta, ainda estou ganhando, porque ainda estou perdendo peso, mas não posso baixar a guarda. Sei que podia estar perdendo mais, mas como deu pra perceber não sou perfeito. Nem tenho essa pretensão.

A luta continua!!!
A luta continua!!!

Repito: A vontade de comer em excesso não some da noite para o dia. Embora não caiba mais grandes quantidades no estômago, a vontade de comer muito não vai embora.

 

Essas vontades tem que ser trabalhadas ao longo da vida após a cirurgia. E eu não sei pra você, mas pra mim não está sendo tão fácil quanto eu imaginava.

Mas garanto que não é por isso que eu vou desistir. A luta continua.

 

247º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Pão de queijo frito... tem coisa mais de gordo do que isso?
Pão de queijo frito... tem coisa mais de gordo do que isso?

Hoje nem tomei café, fui direto  para uma reunião. Saindo da reunião fomos eu e a Gra, minha sócia, tomar um café na padoca!

Pedi 2 capuccinos grandes, um pra mim e outro pra ela, claro. E um tal de pão de queijo frito. Nossa que saudável né… mas tinha que experimentar… e já vou dizendo que não é lá grandes coisas.

Mas não consegui tomar todo o cappucino nem comer todos os pãezinhos de queijo fritos, porque veio aquela sensação de “você tem que parar agora ou vai passar mal”. Sim o meu corpo anda me avisando.

jantando sanduba
jantando sanduba

As vezes é fácil parar de comer, e as vezes é difícil e eu deixo o alimento ali com muita pena, mas consciente de que se comer passo mal.

Já lá no senac jantei misto quente de novo, sempre meio. Não aguentei e peguei também dois mini pasteizinhos e um mini kibe. E passei a noite bem sem fome. Mas lá pela meia-noite quando chego em casa bate aquela fome de novo ai eu como o outro pedaço do lanche.

Não é muito saudável, mas se for jantar vou gastar mais do que ganho dando aula, então é o jeito.

246º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Só fiz besteira hoje
Só fiz besteira hoje

Dia de viagem de trabalho de novo… é a vida não é fácil.

A conseqüência disso se reflete na alimentação, claro. Comi na estrada, fui levar meu pai no aeroporto e ainda fui dar aula…

Fui de novo lá na lanchonete e não resisti e pedi pra comer um mini salgadinho de cada sabor. Deu uns 6 salgadinhos. Além disso pedi um misto quente. Comi o salgadinho e não aguentei e acabei deixando o sanduiche pra viagem.

No meio da aula comecei a tremer… também só comendo mini salgadinho não dá né. Desci com os alunos pro intervalo e o maldito tiozinho da pipoca tava lá… acabei comprando a pipoca doce… Ehhh gordinho sem jeito viu!!!

Claro que quando acabou a aula eu já tava morrendo de fome de novo, ainda bem que tinha sobrado o lanche e no caminho de volta pra casa fui comendo em quanto dirigia.

Gordo é foda… mas apesar disso ainda estou emagrecendo. Ainda bem né.

245º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

tá difícil de parar de comer tranqueira viu!!!
tá difícil de parar de comer tranqueira viu!!!

Hoje foi um dia corrido de novo… almoço sanduíche de queijo e peito de peru com água de coco.

Jantar sanduiche de peito de peru de novo… mas não resisti e comprei uma trufa e 4 merengues.

Comi os 4 merengues, mas a trufa eu até que tentei, mas senti aquela sensação de estar passando dos limites e então parei. Não me senti mal depois… nem fiquei com vontade de voltar a comer a trufa… pelo menos até agora.

Tá difícil de parar de comer porcaria viu!!!

244º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Ora! pipocas!
Ora! pipocas!

Foi um dia tranquilo, embora esteja difícil não comer chocolate.

Não sei dizer o quanto é sem vergonhice minha ou crise de abstinência mesmo, mas o fato é que tá difícil resistir aos chocolates… todo dia dá vontade de comer um.

Comi um hoje… na verdade uns bombons. Lá no Senac não resisti e comprei uma pipoca doce do tiozinho… maldito torturador de obesos gastroplastizados…

Quanto ao meu jantar um indefectível coxinha de frango com café… É nem sempre dá pra comer direito na loucura da cidade grande.

243º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Hoje foi um dia meio corrido, muito trabalho até tarde.

Mas hoje fiz uma gordice… eu tinha dado para a Bibi na quarta uns Twix e ela só foi comer hoje… e me contou como estava gostoso e coisa e tal…

Bom… como to

Mal Twix... ma Twix...
Mal Twix... ma Twix...

da criança que se preze fiquei com vontade e acabei comprando um pacote pra mim. Eeeeee gordinho tresloucado!!!!

Passei a tarde só com o Twix… sem comer mais nada… outra coisa errada.

Mas só fui jantar depois das 22h… o dia foi corrido. Mesmo assim não comi direito… foram 2 salcichões do tipo Hanzs… tava bom… mas não foi uma alimentação saudável.

Quando começo a fazer coisa errada acaba degringolando tudo… é preciso tomar cuidado.

242º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Força pra manter o equilíbrio nessa páscoa.
Força pra manter o equilíbrio nessa páscoa.

Domingão de Páscoa passei trabalhando. Nem fiquei com muita vontade de comer chocolate.

Como fiquei trabalhando o dia inteiro comi regularmente, só no final do dia que fomos à casa da minha tia onde boa parte da família se encontrava comemorando e bememorando a páscoa.

De cara tomei um cafezinho em uma xícara lambuzada de doce de coco… coisa de gordo, mas ficou bom… adocei o café com o doce. Aprendi com um barista. Depois foi um browne de chocolate delicioso que a minha tia fez. Manerei, mas isso não impediu de suar um pouquinho. Ai vieram ovos de páscoa, chocolates, casquinha de siri, frutos do mar e um negócio delicioso que eu esqueci o nome. É o caldinho do peixe misturado com farinha de mandioca… Divino. Ah!!!  Lembrei… Pirão de peixe. Hummm Minha prima que fez… maravilhoso.

Felizmente comi tudo com moderação. Confesso que fiquei com vontade de atacar o ovo de páscoa e comer o bolo inteiro, mas essas vontades vem diminuindo com o tempo. Não é que desapareceram, mas estão mais controláveis… afinal eu fico colocando na balança minhas vontades o tempo todo. Se como muito, passo mal e  não aproveito a companhia, então acabo me moderando. Mas não consigo deixar de comer.

No final minhas tias me ofereceram um pedaço de cada coisa para levar para casa… claro que recusei… com dor no coração, mas recusei. Essas comidas gostosíssimas só devem ser comidas em ocasiões especiais. Pra gordo todo dia é uma ocasião especial, eu sei, mas eu não quero mais ser gordo então tenho que parar com esse comportamento suicida.

No final voltei pra casa com vontade de comer mais Pirão… Pelo menos não era chocolate, né 🙂

241º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Chocolate!! Você disse Chocolate!!!
Chocolate!! Você disse Chocolate!!!

Hoje acordei ligadão para comer mais chocolate… só que tinha acabado.

Esse negócio só pode ser droga mesmo… não é possível! Bate até crise de abstinência. Credo.

Fiquei em casa trabalhando, por isso não sai e nem curti a visita do meu cunhado!!! Mas trabalho é trabalho né!

Ficamos em casa de bobeira… quer dizer, eles ficaram de bobeira, né… Comemos a comidinha gostosa da Bibi.

Mais tarde não aguentei e pedi pra Bibi comprar uns ovos de páscoa, só que dessa vez menos. O chocolate já acabou, mas não foi por minha causa… quer dizer… não comi tudo sozinho, o que considero algo muito legal vindo de mim mesmo.

Depois dessa páscoa vou ter que fazer um retiro espiritual para passar essa vontade de comer chocolate e desintoxicar o corpo.

240º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

resolvi dar uma queimada nos ovos de páscoa.
resolvi dar uma queimada nos ovos de páscoa.

Acordamos e fomos tomar café lá na padaria do melhor pão na chapa do sistema solar!!!

Dessa vez eu fui mais esperto, não tomei o cappucino… quer dizer, tomei o da Bibi. É isso ai, o que me fazia mal era o cappucino que não era diet. Mas também cuidado para comer o pão na chapa bem devagarzinho, o resultado foi que eu nem consegui terminar de comer o pão… deixei 1/3 para trás… com um pouco de remorso, é verdade… mas foi para o meu bem… Gordo é gordo né… esses hábitos de se apegar ao alimento não me deixa. Oh hábito encardido viu!!!

Depois enquanto a Bibi e seu irmão voltaram para casa de carro resolvi fazer uma caminhada… sei lá… pra queimar um pouco os ovos de páscoa, sabe como é…

Dei uma boa caminhada, e o bom é que a cidade estava vazia o que é ótimo.

Já em casa comemos os restinhos de ovos de páscoa e almoçamos um delicioso macarrão que a Bibi fez. Muito bom. Mas fiquei com vontade de comer chocolate a tarde inteira. Acho que amanhã vou comprar mais um… sei lá.

No jantar fomos de pizza mesmo. Comi 1 pedaço e meio… até achei que iria comer 2, mas não deu.

As vezes me espanto com minha falta de gulodisse.

239º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

Páscoa da Esbórnia.
Páscoa da Esbórnia.

Feriadão!!! Eba!

Começamos o dia com a visita do meu cunhadão que veio passar o feriado aqui com a gente. Logo de manhã ainda tivemos a visita da minha mãe e ficamos conversando e tomando café da manhã. Foi muito bom!

Algumas horas depois fomos almoçar num Restaurante Libanês… Bom, nem preciso dizer que já começou a gordice ai né! Como todo bom gordinho ainda não perdi a mania de pedir mais comida do que realmente posso comer. Ainda bem que meu cunhadão estava lá… aliás ele já está quase me alcançando. Enquanto estou perdendo ele está ganhando… bom mas isso é outra história.

Queria comer como um Sultão, acabei comendo menos que todo mundo.
Queria comer como um Sultão, acabei comendo menos que todo mundo.

O cardápio foi o seguinte kibe cru, esfiha de carne (excesso da minha parte), tabule, coalhada seca, kafka no molho de coalhada seca e um h2oh de laranja. Claro que era muita coisa, mas comi um pouco de tudo e logo parei. Sabe a parte mais difícil? É se conformar em parar de comer comidas tão gostosas. Eu ficava lá vendo todo mundo comer aquelas delícias e eu tinha que ficar olhando. Mas acho que já estou me acostumando a isso.

Depois saimos de lá e fomos para a esbórnia! Entramos no antro da perdição, a Cacau Show para comprar, adivinha o que? Ovo de Páscoa claro.

Fiz questão de comer nesta Páscoa. Ah não vou ficar me limitando porque depois a vontade acumulada e fica pior. Compramos 2 ovos de 400g e um ovo explosivo de 80g… Aliás aquele ovo com recheio cremosos é uma droga… o recheio é meio seboso, mas o crocante estava ótimo.

Pão folha... uma delícia
Pão folha... uma delícia

Diferente do que eu pensei que ia acontecer eu não passei mal, mas também não comi demais… quer dizer, fui comendo aos pouquinhos, ou seja, tirava um pedaço, dava uma volta, conversava depois pegava outro e assim foi. Tinha hora que empapuçava e ficava um tempão sem tirar um pedaço… passava algumas horas e pegava outro e foi assim. Não passei mal nem um pouco. Legal né!

A noite a Bibi fez um maravilhoso Patê de Frango com Alface no pão folha (clique aqui se vc não sabe o que é), é feito com iogurte e maionese, mais precisamente 1 pode de iogurte e 3 colheres de maionese, um peito de frango desfiado refogado com ceboa e 1 alfaces grande picadinho. Divino, a gente pegava um pedaço do pão folha e pegava o patê sem sujar as mãos e comia… Divino e light.

Comidas gostosas, ovos de páscoa… um dia de esbórnia mas sem exageros.