217º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

É oficial, estou fora de controle.
É oficial, estou fora de controle.

Ainda não tô legal. Hoje eu fui com a Bibi na Hidroginástica.

Essa é a única atividade física que eu tô gostando de fazer. A gente se diverte lá.

Mas na saída insisti que queria tomar um cappuccino. Até ai tudo bem, mas resolvi adoçar com açúcar máscavo. Até ai tudo bem também, até a hora de eu fazer gordice né… Tinha uma pedra de açúcar no meio do açucareiro e não resisti e comi. Não deu 5 minutos eu comecei a ficar meio mole. Sorte é que não passou disso. Mas não precisava né… Putz já tô me cansando dessas gordices… Pareço criança.

É oficial, realmente agora eu admito que não tenho controle sobre minha compulsão alimentar. Não consigo não comer, nem me segurar. Simplesmente não consigo e quanto mais eu tento mais frustrado eu fico e mais vontade de comer me dá. Então resolvi admitir minha completa incompetência em regular minha alimentação.

De agora em diante não vai ter mais nada de gostoso em casa… nadinha, nem de final de semana. Se eu quiser vou ter que ir até algum lugar para comprar… nada de comprar coisas para trazer para casa. Freqüentar barzinhos só no final de semana e rodízio nem pensar.

Percebi que estou comendo em um prato grande já, praticamente cheio. Embora a metade fica cheio de salada!  Se não tem salada, na maioria das vezes, eu não coloco mais que a metade do prato. Mas as vezes, dependendo da comida, eu acabo enchendo… A nutri falou pra eu continuar comendo em pratinho, mas me sinto um bocó. Embora tenha que dar o braço a torcer que funciona.

Pensando bem… eu sou um bocó… vou trocar de prato. Droga.

 


11 respostas para “217º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia”

  1. Meu caro cunhado,
    É bom “ouvir” seus testemunhos, mas uma pena que esteja passando por isso…
    Eu também tento disciplinar minha compulsão alimentar… às vezes é totalmente em vão, uma recaída depois de pequenas vitórias torna-se duro golpe.
    Eu quero me educar, mas o “buraco” não deve ser de fome, acho que é mais comer para saciar algum desejo, vontade, vício, paixão… pelo menos não é álcool, droga ilícita ou algo assim, mas é um “veneno” para a alma e uma carga pro corpo.
    Tentei ajuda de uma terapiazinha, alopatia, regressão, florais (diversos), homeopatia, cristais de oz, fitoterapia, ortomolecular etc. etc.. e nada ainda. Não consigo descobrir do que se trata. Preciso criar masmorras aos meus vícios… É difícil o lapidar!
    Gordice é foda!
    Queria ter a determinação do nosso outro cunhado, 100 kg se regulando e se dedicando a alguma atividade física. A preguiça e a indisciplina me corroem.
    Foi mal o desabafo.
    Beijos em ti, na maninha e no nenê que vem vindo. Amo vocês.

  2. Olá Fernando! Acompanho seu blog desde o início. Tenho 30 dias de operada e ainda não fiz nenhuma gordice. rsrs Combati o vício do cigarro antes da cirurugia…foi tão complicado qto o q vc está passando…
    Sua compulsão alimentar está te trazendo problemas, vc fez uma cirurgia para perder peso e não está perdendo…Isso causa angústia e essa angústia está te fazendo comer. Vc está há 217 dias preocupado com comida, escrevendo sobre comida, sonhando com comida. Vc está vivendo em função disso. Será q vc não está fazendo escolhas erradas na sua vida? O sorvete não foi sozinho até seu freezer, a comida não vai sozinha até sua boca. VC está fazendo isso. VC é responsável pelos seus atos. VC é o grande realizador da sua vida. Cabe a vc fazer ela valer a pena ou não.
    Não quero paracer piegas, nem auto ajuda, mas tenta vencer seu vício a cada momento. Diga NÃO! Negue as suas vontades, vc é mais q isso, vc é vencedor! A resposta e a força pra enfrentar isso está em vc, só em vc..Basta vc tomar a decisão!
    Boa sorte e espero que vc escolha viver….

    1. Valeu pela força Alessandra. Tá difícil, mas você tá repleta de razão… a droga do sorvete não passou por debaixo da porta e entrou na geladeira sozinho.
      É que as vezes é difícil resistir à tentação. Faz muito tempo que ando resistindo.

  3. Considerações sobre a Ansiedade

    O emagrecimento pode ser prejudicado pela presença de problemas emocionais, tais como
    a ansiedade. A teoria psicológica ajuda a identificar os sintomas, porém muitas vezes é necessária
    a intervenção de um psicoterapeuta ou psiquiatra, para obter um controle adequado sobre a ansiedade.

    1- Definição:
    Ansiedade é um estado emocional com componentes psicológicos e fisiológicos que pode estimular o desenvolvimento humano. Ela se torna um distúrbio quando mostra-se desproporcional à situação que a origina, ou quando não existe um motivo específico para o seu surgimento.

    2- A raiz da ansiedade:
    Desde o nascimento, o ser humano é colocado face a face com as limitações de seus poderes. Essas limitações e vulnerabilidades fazem parte da própria condição humana e são as fontes universais de toda a ansiedade posterior. Exemplo: ao sentir fome ou sede, o bebê sente ansiedade até que seja satisfeito.

    3- Ansiedade patológica:
    A ansiedade patológica é uma questão de quantidade, e não de qualidade. É um determinado grau de ansiedade que passa a ser evidenciado por sintomas de sensação dolorosa e desconfortável, como um mecanismo de alarme.

    4- Conseqüências da ansiedade patológica:
    A ansiedade patológica prejudica o indivíduo, compromete seu bem estar e seu desempenho e dificulta sua preparação para enfrentar adequadamente situações ameaçadoras do cotidiano.

    5-Transtornos alimentares relacionados à ansiedade:
    Anorexia nervosa; bulimia nervosa; transtorno alimentar noturno; comer compulsivo, entre outros.

    6- Ação da serotonina:
    O ato de comer é afetado por substâncias químicas presentes no cérebro que regulam o estado emocional. A serotonina é alterada pelo estado de ansiedade, fazendo com que o cérebro aumente o desejo de ingerir carboidratos, na tentativa de regular o quadro afetivo, podendo causar ingestão alimentar excessiva e até obesidade.

    7- Exercícios físicos e redução da ansiedade:
    Exercícios físicos regulares liberam substâncias como a endorfina, que aumentam a disposição geral, trazem sensação de bem estar, reduzem o estresse diário e ajudam a diminuir a tensão e a ansiedade.

    O planejamento alimentar para o emagrecimento depende do controle das nossas emoções. A ansiedade patológica compromete o objetivo de manter a saúde através do emagrecimento. O reconhecimento dos sintomas ansiosos e suas conseqüências podem ser o início de um tratamento com sucesso, que deve ser realizado por um psicólogo ou psiquiatra e pode envolver o uso de medicamentos e/ou a realização de psicoterapia.
    Por:
    Flávia Leão Fernandes
    CRP 06/68043 Psicóloga clínica, Mestre em Psicologia pela Universidade de Londres, Inglaterra e especialista em Psicologia Hospitalar com enfoque em obesidade.
    http://cyberdiet.terra.com.br/7-consideracoes-sobre-a-ansiedade-7-1-6-629.html

  4. Buenas meu camarada,

    Cara, relaxa, vc esta pressionando muito vc mesmo e isso causa mais ansiedade e vc entra em parafuso e em loop destrutivo. Falo isso de cadeira, não era tão gordo como vc, mas sempre sofri com a obesidade e hj tenho 66 dias de operado e confesso que tb faço minhas gordices, mas nada comparado ao seu volume. Isso se chama liberdade.

    Essa mesma liberdade que tivemos em fazer ou não a operação. Vc acha que é facil rompermos com o nosso praticamente DNA ? Anos e anos nos alimentando errado e sentindo prazer nisso ? Um simples corte no estomago iria resolver tudo, e repare, o corte foi no estomago e não na cabeça, cortando nossas fontes de prazer.

    Vc precisa tirar a pressão das suas costas, e dai que vc não vai emagrecer 5 kg no mês ? Emagreça 1 kg, pois primeiro vc precisa (entenda precisamos) mudar o nosso DNA, o nosso habito e não se esqueça, SOMOS SERES HUMANOS.

    Não estou aqui querendo te dar carta branca, apenas te dizer que vc é normal, mas precisa sim continuar indo no CCA, psicólogos e tudo e qq coisa que te ajude a se controlar, mas por maia duro ou não que eu seja, e isso vale para mim tb, QUE SE FODA O MUNDO, se nós quisermos voltar a comer como antes, quem nos impede ? A responsabilidade é nossa. Claro que tomar esse caminho seria errado no ponto de vista pelo que fizemos, mas esse é um caminho, pois os problemas de saude no minimo voltariam.

    Entenda, somos donos do nosso destino e das nossas decisões e escolhas, portanto, não podemos ser VITIMAS das mesmas, assim sendo, errou, levante a cabeça e compense no dia anterior, e tente através das ajudas e apoios não repeti-las, mas não tenha a falsa consciência que essa vai ser a ultima vez, pois não acho que podemos ser comparados aos alcoolicos ou fumantes ou viciados, pois qdo entramos num restaurante é como se colocarmos um alcoolico dentro de uma adega, um fumante ao lado de cigarros e de gente fumando e um viciado numa boca de crack e similares. Sera que eles seriam tao fortes assim ? Ainda mais no inicio de tratamento ?

    Pense nisso, com agente é mais dificil, pois a comida esta sempre disponivel e acessivel. Sabe como uma amiga minha resolveu esse problema ? Comendo somente em casa e no trabalho levando marmita, isto é, social zero. Pode ser uma ideia e claro, manter a sua geladeia magra é importante, eu faço isso tb, rsrsrs.

    Te cuida meu veio, torço por vc e continuo o lendo e se precisar de ajuda de alguma forma, grite.

    P.s.: Ah, não procurei o CCA, mas procurei tb na religião um apoio, sou espirita e confesso que me ajudou muito, pois ate uma compulsão, pode ser explicada por estarmos com espiritos glutões ao nosso redor, pois atraimos espiritos que vibram igual a gente, mas independente da sua religião, mantenha-se em equilibrio, isso ajuda a evitar a ansiedade.

    Abraços

    Ricardo.

    1. Valeu pela força Ricardo, tava precisando mesmo de um apoio viu!!! E esse lance espírita heim… acho que aqui em casa tem tanto espírito gordo que eu ainda não sei como o prédio ainda não caiu com o peso. Ainda bem que alma não ocupa espaço né!!!
      Abraços
      FE

  5. tenho60 amos sofro com execo de peso pois peso 158 quilos nao consigo andar direito pois o joelos ja nao aguentam mais o pesso alem de ter osteoporose tenho tido problena na coluna vertebral gostaria de saber se os irnaos pderianm pretar essa caridade de fazer uma cirugia bariatrica ou da columa nome de jesusu nosso mestre peço essa cardade pois ja nao aguento mais ficar preso em casa por nao aguentar andar

  6. naturally like your website however you need to take a look at the spelling on several of your posts. Many of them are rife with spelling problems and I find it very bothersome to inform the truth nevertheless I’ll surely come again again.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *