223º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

O melhor pão na chapa do planeta.
O melhor pão na chapa do planeta.

Hoje comecei o dia super bem, a Bibi precisava ir à uma consulta logo de manhã e combinamos de tomar café lá na padaria Kenedy em SBC… sim o famoso melhor pão na chapa do planeta.

1 pão na chapa e 1 capuccino… Delicioso. Mas resolvi utilizar minha mais nova técnica contra a gulodisse: Comer devagarzinho curtindo cada pedaço.

O resultado disso foi que no final o melhor pão na chapa do planeta já estava mais pra pão cheio de óleo do que pão na chapa… mas tudo bem... tava gostoso mesmo assim.

Dali, a Bibi tomou seu caminho e eu o meu… a pé, claro!

Na volta para casa, comecei a passar mal. Sim acho que dessa vez eles exageraram na manteiga… Mas nada demais também… um certo desconforto que não me impediu de continuar caminhando. Aliás acho que foi a melhor coisa. Parece que caminhar dá uma aliviada nesse desconforto.

Quando cheguei em casa, cerca de 50 min. depois já não tinha nenhum sintoma.

A tarde dei uma pisada na bola, acabei fazendo um pudim diet e acabei comendo quase tudo. Fui comendo de pouquinho em pouquinho e como ele é super cremoso, quando vi já tava quase acabando.

Em compensação só comi isso a tarde inteira. Sempre tenho que tomar cuidado com doces… sempre. Mas isso não vai me desanimar não!!! Amanhã tem hidroginástica! Eba!

4 respostas para “223º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia”

  1. Vc está determinada. É isso aí. Uma dica: caminhe… caminhe… caminhe… Não dê ouvidos a pessoas que não são obesas ou nunca tiveram prolemas com obesidade. Aquelas que são obesas só as que querem deixar de ser e fazem alguma coisa prá isso…
    Ouça voce… Sinta as suas dificuldades de ser obesa… Se ame… E digo mais: vc está no caminho certo: controle… controle… controle…
    Quanto ao médico ortomolecular é necessário… Acredite em quem saiu de 156 Kg e encontra-se com 85 Kg há 8 anos (após uma cirurgia bariátrica e uma disciplina com “mão de ferro” em mim e pro mim…. O resto que se dane… Ia esqucendo: é claro que tive o apoio, primeiro de Deus e de mim, da minha adorável esposa (ela viu que se não désse eu seguiria de qualquer jeito). Hehehehe…
    Quanto ao doce, se vc sente bem em comer o docinho (não passa mal) então comea. Dê preferência a gelatina adoçada com adoçante.
    … Mas, o importante de tudo: aprenda a pensar “como um magro ruim de comer…” Entendeu ? Não ??? É isso mesmo: difícil… mas, não possível…
    Amiga… vc agora é magra… então, caminhe… caminhe… Busque prazer nisso e não sinta que é uma obrigação. Quer voltar aos 145 Kg ??? Então siga em frente… Coragem… coragem… coragem…
    Mais uma dica: esqueça a comida…. Hehehehe É verdade… O “magro ruim de comer” não fica com amizadizinha com comida… A comida só serve para te alimentar fazer voce a ficar viva… Agora, amizadizinha (tá entendendo o tom pejorativo ??? Eu sei que tá…) . Isso não é legal…. Se ame e caminhe… Só… acomapnhada… Etc…etc… vá em frente… Voce pode… vc consegue chegar aos 86 Kg em frente… Ansiedade ??? Quanto tempo vc levou prá chegar aos 142 ???? então… Logo logo vc vai chegar 86 Kg…
    Dica final: entre para um grupo de corredores de rua ou maratonista…. Depois vamos ouvir falar de vc….
    Eu já tive 156 Kg e hoje tenho 86 Kg… Tenho 54 anos. Corro, nado, caminho e faço musculação. Tenho 3 filhos e uma mulher adorável. Ia me esquecendo: temos um casalzinho de yorkshire.
    Deixa-me ir que vou caminhar aqora (acredite…. Deus é a minha testemunha).
    Que Deus te abençoe e te guarde…
    Um beijo… Al

  2. Agora que vi que vc é um rapaz … hehehehe Nada a ver… Onde tiver endereçado a a uma muié… Leia homi… Agora o beijo eu retiro….mas, deixo u abraço…. Tá valendo tudo que disse… Meu camarada…. vamos láaa´´´´
    Mesmo assim vou monitorar…. Me ajudaram e quero te ajudar… Vamos lá Tiago….
    Um abraço, Al

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *