70º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

A minha jornada pelo mundo gastronômico continua

Hoje resolvemos ir ao um restaurante muito, muito gostoso aqui em São Bernardo do Campo, chama papo de botequim e fica atrás do mercado municipal no Rudge Ramos.

O lugar é muito gostoso, tem até uma árvore no meio do restaurante. Mas o melhor é a comida, coisa de primeira e muita fartura. Ah e é por kilo

Sabia que foi a Bibi que me ensinou a comer salada.
Sabia que foi a Bibi que me ensinou a comer salada.

Logo no início do buffet eu vem as saladas e como fazia muito tempo que não comia uma salada, resolvi pegar folhas. Peguei rúcula, alface americano que eu adoro e castanhas de caju… Hummm que combinação deliciosa, além disso coloquei um pouco daquelas cenourinhas e molho. Peguei uma mandioca frita, alho torrado e acho que só. Tá faltando alguma coisa mas eu não lembro.

Peguei uma porção razoável, um pouco menos de meio prato. Deixei as carnes para comer depois. Exatamente ao contrário do que a nutricionista falou. Ela havia dito pra sempre comer primeiro as proteínas para garantir o consumo. Mas como eu não estava comendo e sim me divertindo burlei as regras.

Claro que o pudim tinha que caber, né!!! Nada é perfeito
Claro que o pudim tinha que caber, né!!! Nada é perfeito

Ah, sabia que foi a Bibi que me ensinou a comer saladas. Eu era muito chato pra comer só gostava de frituras e não comia quase nada. A primeira salada que eu comi na minha vida foi na casa da avó da Bibi. Todo mundo ficou estarrecido quando viram, mas ninguém falou nada, ficaram lá me assistindo e sussurando sem que eu percebesse. Eu não havia avisado ninguém, nem eu mesmo sei porque coloquei alface e tomate no meu prato. Bom mas isso é outra história.

Voltando ao assunto, o almoço estava uma delícia, mas não deu pra pegar carne não… encheu bastante. Apesar disso ainda deu pra pegar uma fatia de pudim de leite condensado e um pouquinho de mousse de chocolate. Incrível como mesmo assim cabe doce. Estava uma delícia, mas fiquei bem cheio… Empanturrado é a melhor palavra pra descrever a sensação. Achei melhor nem dirigir depois.

antes meu prato no Kilo era assim.
antes meu prato no Kilo era assim.

O que me deixa mais feliz é conseguir comer como uma pessoa normal. Acho o máximo. Não fico nem um pouquinho triste de comer menos que as outras pessoas, pelo contrário, acho incrível. Antes meus pratos pareciam mais o monte Vesúvio. Aém disso só escolhia porcarias fritas. Hoje eu tenho que ser mais seletivo e pegar só um pouquinho de cada coisa. Ahhh eu me sinto libertado daquela vida vulgar que eu levava. Eu não sou mais escravo da comida, ela não me controla mais. Essa liberdade não tem preço, vale a pena correr o risco na cirurgia e passar todo o perrenge do pós-operatório.

Em fim terminei o dia contente.

0 resposta para “70º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia”

  1. Isso ai Fer!! To gostando de ver!
    Vc esta parando de fezer “gordice” né?!!

    A re-educação alimentar é realmente libertante..As vezes fico até surpresa, por estar comendo pouco e devagar, sendo mais seletiva e resistindo bravamente ao doce e chocolates!

    Bjos e tudo de bom!

    1. Ahhh Micheli… tem hora que paro, tem hora que me distraio e pimba… tô eu lá fazendo gordice de novo. Mas não me abato, afinal pra aprender a andar é preciso ralar os joelhos um pouquinho né. Abração
      FE

  2. Bom, suas palavras de hoje é uma ajuda para mim.. vou refletir… pq eu sou uma dessas pessoas que comem mtoooo pouco! E confesso, as vezes (quase sempre), fico mto triste com isso.. mas vou refletir no que vc falou…. acho q vai me ajudar a mudar as coisas pra melhor… Obrigado… Sinto como se vc tivesse escrito pra mim….
    Fica com Deus…

    1. não fique triste por comer pouco não Silvia … comer muito não é normal. As vezes eu me sentia um monstro comendo tudo com voracidade. Ai eu ficava triste e comia mais. Isso não é bom pro corpo e se não é bom pro corpo não é bom pra alma também. Cada um tem seu tempo de aprendizagem, mas o importante é aprender. Como eu sei que vou comer pouco ando aproveitando muito mais os momentos da alimentação. Na cantina italiana foi bem assim, procurei não comer nada em excesso, mas tudo que comi me deu muito prazer. No final fico feliz por comer como uma pessoa normal.

  3. Cara esse seu blog Eh Sensacionaaaaalll mesmo!!! Parabens!!!! Tenho 18 Dias de operada, tava aqui surtando cheia de duvidas e ao ler seu blog Tem me ajudado muiiiiiito!!!! Parabens mesmo e Obrigada por compartilhar tudo isso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *