929º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia

...

Hoje fui ao médico ver o que fazer com minha pedra na Vesícula.

Claro que um cirurgião jamais diria “vamos tentar um método menos invasivo” e sem pestanejar já começou a fazer os preparativos para a operação sem se quer me perguntar se eu queria ou me dar qualquer outro tipo de informação.

Sinceramente perdi a confiança nesse médico (Dr. Marçal), embora ele tenha sido muito bem referenciado por várias pessoas e médicos antes de eu fazer a cirurgia descobri que ele é muitíssimo mal educado beirando ao desumano. Talvez seja um excelente cirurgião mas é péssimo em lidar com seres humanos. 

Teve até um momento em que ao tentar me explicar os procedimentos de um exame que ele pedira, ficou sem paciência e bufou!!! Veja você… ganhei uma bufada… sem contar com a super mega indelicadeza de fazer uma ligação no meio da minha consulta para tratar de assuntos pessoais a respeito de um respirador e mais algumas peças que ele levaria de um hospital para outro. Um verdadeiro … ah sei lá… isso mesmo que você está pensando.

Estou enfurecido com isso. Embora as dicas de saúde tenham até sido válidas como procurar urgentemente um nutricionista, passar pelo cardiologista (me deu bronca por não passar no cardiologista!!!! Mas como é que eu ia saber que ei tinha que ficar fazendo visitas cordiais ao meu cardiologista sem ter nenhum sintoma… quem vai ao médico de graça porra… por que raios ele não me mandou procurá-lo já que era tão importante.

Ah quer saber… ele é um lixo de pessoa. Talvez um habilidoso cirurgião, mas detestável no trato com pessoas. Não é um médico atencioso. Ele não entende que para nós essa cirurgia significa o nosso último recurso, modificar nosso corpo para tentar eliminar essa angústia em nossa alma. Para ele somos apenas mais um monte de banha que ele tem que retalhar pra ganhar seu dinheirinho no final do mês.

Ah tô puto mesmo, e não é de hoje que eu acho seu comportamento detestável.

Você pode até achar que é porque engordei e quero culpar o médico… não pelo contrário, tenho certeza que a culpa é minha, sou eu que sou o doente, sou eu que como demais. Talvez a parte dele ele já tenha feito como cirurgião, mas a parte de cuidar das pessoas ficou a desejar.

Se fosse fácil pra mim fazer dietas e exercícios com certeza eu jamais teria feito essa droga de cirurgia, agora é fácil pro cara ver que algumas pessoas não conseguem obter sucesso e ficam jogando na cara nosso maior defeito como se nunca tivéssemos agindo dessa forma antes da cirurgia. É humilhante. Esse cara não entende nada, nada, nada.

Sabe que eu fiz depois que saí de lá! Comi de ódio, de raiva, sei lá, pra tentar aplacar a dor. Comi de Raiva dele, raiva de mim por não conseguir me controlar, raiva por estar naquele momento comendo de raiva, raiva de ter feito a porra da cirurgia. Afff minha vida é uma merda porque eu não consegui me reeducar, simplesmente voltei a comer tudo aquilo que eu comia antes e o efeito sanfona está voltando outra vez. E isso tá me fazendo comer mais ainda!!!!

O desgraçado me condenou aos 145 kg de novo. Acho que ele quer se livrar de mim porque sou uma propaganda negativa. Afff sei lá, talvez esteja exagerando, ainda tô com raiva.

Agora estou condenado a uma vida de sofrimento. Ou eu sofro fazendo dieta para o resto da minha vida, o que se mostrou sem muita utilidade pela minha história de vida, ou eu sofro comendo tudo que gosto e voltando a ter aquelas doenças, só que agora sem estômago e sem vesícula. Só vejo trevas pela frente, será que é assim mesmo?!

Desculpe o pessimismo e a tristeza mas é tudo o que eu sinto agora. Toda vez que vou naquele médico volto destruído porque fico de frente com minha incapacidade de emagrecer.

33 respostas para “929º dia após a cirurgia Bariátrica ou Gastroplastia”

  1. Cara, vai falar que eu sou chata pra cacete, mas você precisa de um psicologo. Foi atras do atendimento gratuito que te indiquei da Fundação Santo André? É sério, sem apoio psicologico não vai conseguir nada meu…

    Como médico, a única coisa que posso fazer é te indicar o meu, eu gosto muito dele, ele não é o tipo de médico que fica te lambendo não mas é muito atencioso, explica tudo que pergunta e o que não pergunta também, não tenho nadinha de nada para reclamar dele, é o Dr. Nestor Suguitani do Instituto Garrido, ah, uma coisa que eu vejo como vantagem nele, ele já fez gastroplastia, ele sabe como é e como não é, viveu isso. Sei que eles atendem um monte de convênios, tem outros médicos ótimos também, já ouvi falar muito bem do Dr. Marcelo também.

    Além disso, o Instituto Garrido promove encontros mensais no Hospital Osvaldo Cruz com operados, não necessariamente operados pelos médicos do Instituto Garrido. Se informa, acho que é legal trocar idéias com pessoas na mesma situação.

  2. Ah, quanto a pedra na vesícula, em nosso caso não adianta tratamento menos invasivo tá, a pedra na vesícula é um dos efeitos colaterais de bariatrica, alguns sortudos não tem , mas, 90% dos gastroplastizados tem, e não tem como, tem que tirar a danadinha mesmo. Eu tirei, é bem tranquilo.

  3. Oi Fernando, eu imagino que deva estar muito dificil pra você. Estou estou passando na clínica do Dr. Marçal, mas quem me atendeu foi o Dr. Paulo Regina, espero que ele não se torne o monstro que vc disse que o Dr. Marçal é, tb tive ótimas recomendações dele, mas é assim mesmo. Sei tb que quando a gente ta com raiva não quer nem saber de “conselhos” então o que posso te dizer é boa sorte e não desista nunca.

  4. Fernando,
    Eu acho que a maioria dos cirurgiões é assim mesmo, o meu pelo menos é. Eu nunca levei bronca dele, mas é um cara que realmente não tem muita paciência de explicar as coisas, e não oferece NENHUM suporte emocional, não é carinhoso, nada disso.

    Eu fui lá semana passada prá consulta de 30 dias e foi completamente protocolar, me pediu uns exames, me deu os parabéns pela perda de peso, pediu prá eu mandar o resultado dos exames por e-mail e marcar nova consulta prá daqui 2 meses, e tchau. A nutricionista a mesma coisa, me deu os parabéns pela perda de peso, passou a dieta nova, pediu prá me ver em 2 meses e tchau também.

    Tenho certeza de que se eu não tivesse perdido peso suficiente, ou se não tivesse malhado tanto, ou se tivesse escapulido da dieta, eu levaria um senhor esporro. Quem me dá amparo emocional, quem divide comigo minhas angústias, preocupações, falhas, vitórias e sucessos é a minha terapeuta. Já comentei que faço análise, 4 sessões por semana, e é o que tem me segurado nessa jornada. Aliás, prá mim a maior dificuldade tem sido o emocional mesmo, não achei que a cirurgia mexesse tanto com a gente.

    Acho que você sabe que está em uma situação difícil, mas nunca pense que não tem mais jeito. Sempre tem jeito. Concordo com a pessoa que escreveu ali em cima, procure ajuda psicológica! Invista em você, cuide de você! Assuma as rédeas da sua vida! Se o médico não quer explicar exames e procedimentos, pesquise na internet como é, como funciona! Por exemplo, ao pesquisar na internet você vai descobrir que a abordagem mais conservadora e eficaz prá tratar pedra na vesícula é remover a própria vesícula! Eu sempre pesquiso essas coisas, até prá ter argumentos prá discutir com o médico (seja de qual especialidade for) o que é melhor prá mim. Não deixo tudo na mão do médico.

    Espero que você se acalme e veja que pode até estar difícil, mas não é impossível. Conte conosco!

  5. Oi Fernando,

    Eu vou fazer 2 anos de operada, e super indico o instituto Garrido, como a Gisele aí em cima. O meu médico foi o dr. Luiz Vicente, que é fantástico!
    Quando fui fazer a cirurgia, o primeiro médico que visitei foi esse dr. Marçal (o nome dele foi o motivo de eu ter chegado ao seu blog 2 anos atras), mas eu odiei o cara! Dia seguinte fui no Instituto Garrido e amei o Dr. Luiz Vicente. O resultado é que não trocaria ele por 1000 cirurgiões!
    Eu fiquei 2 meses internada, tive vários problemas, e a equipe toda foi ótima comigo, a ponto de ficar um médico comigo segurando minha mão quando eu fazia um procedimento que não tinha nada a ver com gastroplastia (mas eu tava nervosa mesmo, precisando de apoio emocional). Não tenho uma palavra de reclamação pra qualquer pessoa de lá.
    Minha sugestão é que você tente mudar de médico que faz seu acompanhamento. Na boa, o médico pode até dar bronca, mas tem que ter o mínimo de educação. Pode te alertar dos problemas, mas tem que te tratar como gente. Esse seu médico é horrível, foge dele!
    Procure outro médico, mesmo que seja no ABC mesmo. E boa sorte para encontrar um outro que saiba falar com gente!

  6. Fer, vc precisa de ferias! Acompanho a ti (o blog) desde o começo) e vc não desacelera!

    Sei q a correria é grande, tem a trabalhar senão não ganha, etc..etc…
    Keep calm!!!
    Será q compensa financeiramente, o que te afeta emocionalmente? Digo por experiencia propria amigo!

  7. Olá! Eu tirei minha vesicula em janeiro. Não esquenta q é super tranquilo e sai do hospital no mesmo dia ou no dia seguinte, no máximo! (se for por vídeo).

    A pior cirurgia vc ja passou!!!

    Eu tbm tenho que parar de comer doces, nao sou como vc, mas preciso perder uns quilinhos ainda e os danados dos chocolates me perseguem rsrs

  8. Cara, eu nao te conheço, vc nao me conhece, vou ser bem pratica: seu medico é um bosta, troca de médico, ele nao é o unico nem o ultimo da Terra, gracas a Deus!!!
    E meu, a responsabilidade por sua vida é totalmente sua, então pára de dar pro medico ou qq outro que seja, a responsa de te dar um veredito de morte! Para com isso… Vc tá meio perdido entre tudo o que tá vivendo…
    Tá, exercício é treta, detesto tb, mas quer saber? acho que é a unica coisa que vai mesmo te ajudar. Todo mundo que era gordo e com exercício emagreceu, é pq viciou em exercícios. Sou contra vícios, mas já que somos viciados, vamos viciar com coisa boa? Se joga, se não gosta de andar, tenta achar outro tipo de atividade que te deixa feliz em ir… E nunca mais dê pros outros o poder de decidir quando vc vai morrer! E olha, psicologo é fundamental… vc precisa, todos precisamos, isso vai ajudar a clarear as ideias!
    E foi ridículo comer de raiva, viu…k já fui destratada por uma endócrino e fiz igualzinho, então digo: somos 2 otários! Nosso corpo nao tem culpa de sermos bundões e nao termos coragem de mandar esses médicos à merda e falar poucas e boas, era o que devíamos ter feito! kkk
    Fica em paz, vai dar tudo certo…
    Vc só vai morrer jovem se nao fizer nada a respeito, se concordar com esse medico de 5.a…

  9. Yae, Fernando. BLz.

    Também sou paciente do Marçal e sei bem o que vc esta passando.

    Quando tomamos a decisão de fazer a cirurgia, sabíamos de todas as dificuldades que passaríamos.

    Se queremos ter uma vida melhor, mais saudável, teremos que lutar, nos esforçar.

    Não tivemos a sorte de comer de tudo e não engordar, infelizmente a nossa luta sera eterna. Mas no seu caso vale a pena enfrentar e mostrar para o Marçal que ele não é dono da verdade e que vc é um vencedor.

    Um grande abraço. Qualquer coisa trabalho em São Bernardo, pertinho da Padaria Kenndy.

    Falow

  10. Eu sempre gostei do teu blog e acompanho desde os primeiros dias após cirurgia, estou entrando em 1 ano e 8 meses de pós, hoje fiquei mega feliz por ver q tinha post novos…

    Amigo, para mim, de todos os que tem blog, vc é o mais sincero, o que realmente fala a verdade em questão da luta contra o vício da comida. Eu pesava 114,200 e peso hoje 62. Mas posso dizer que vivo a maior luta de todas contra mim mesma, me irrito, tb como demais, me estresso, choro, com essa vida de restrições. Enquanto eu como 3 biscoitos integrais e uma banana no lanche das 10, minha colega MAGRA a vida toda, comi dois pães com presunto e queijo e capuchino, fora o café da manhã que tb foi isso.
    Eu caminho, corro, faço jump, tudo sozinha tem sido a minha válvula de escape pra não morrer de vontade comer alguma coisa, mas tb tenho que lutar para malhar, pq muitas vezes quero só ficar no sofá, tenho medo de engordar tb, aliás tenho pânico e este ano minha meta é o tratamento com a psicóloga, senão sozinha não vou conseguir me manter….

    Vc não é um perdedora e não vai voltar para os 145kg, os idiotas q passam aqui dizendo q vc não se ajuda, na real não precisam nem fazer a cirurgia, e são mais preguiçosos do que nós, já que fizeram por vadiagem mesmo, pois conseguem lidar bem com a comida.

    Te apoio sempre e não deixe de escrever, pq as vezes parece q eu estou me lendo.
    Um grande abraço e um beijinho na grande Bibi.

  11. Olá Fernando,

    A bastante tempo acompanho o seu blog e me desculpe pelas palavras que vou colocar aqui mas sinceramente não há como passar a mão na sua cabeça e ter pena.

    Eu tenho 5 anos de operado. Quando fiz a cirurgia, estava com 41 de IMC e o meu médico havia me dado uns 10 a 12 meses de vida antes de desenvolver uma diabetes. Fora isso, já usava remédio para pressão a 2 anos e estava com todos os índices maléficos altos e os benéficos baixos. Sempre gostei de comer e encontrava na comida um grande prazer em minha vida. Na época optei pela cirurgia como uma ferramenta para mudar minha vida.

    Ao contrário de você, nunca tive medo dos médicos. Sim, parece que muitos são grossos ou estúpidos. Na verdade eles apenas estão sendo realistas. Eu até hoje, 5 anos depois de minha cirurgia, continuo visitando o médico que me operou a cada 4 ou 6 meses e minha nutricionista a cada 45 ou 60 dias. Atualmente não sigo uma dieta para emagrecer. Vou no meu médico e na minha nutricionista para conversar e escutar que estou bem. Em minha nutricionista, vou para poder avaliar se está faltando algo ou se preciso melhorar alguma coisa em minha alimentação. Não tem como ser diferente, tem que ir e pronto. Se o médico te diz que está gordo, com certeza é porque você está. Se ele te diz que você está com problemas, com certeza está e não é fugindo que irá resolver estes problemas.

    Após minha cirurgia, emagreci durante 2 anos na inércia. Não era praticante de nenhum tipo de atividade física e via os quilos indo embora, no começo mais rápidos e depois mais devagar. Porém como sempre estava acompanhado da minha nutricionista, me controlava para poder chegar na próxima consulta com algum resultado positivo. Quando estacionei, na casa dos 95kgs (fiz a cirurgia com 133kgs), meu médico disse que abaixo dali, era necessário fazer exercícios e que somente na inércia não perderia mais nada. Quando operei, não apenas cortei o estômago. Cortei também minha relação com o “MEU EU GORDO”. Eu havia decidido que não seria mais gordo e que faria o possível para isso acontecer.

    Faz 3 anos que corro regularmente. Comecei caminhando depois que o médico disse que eu tinha que me mexer. Andava de carro quase 1:30 hora entre minha casa e o parque, para me exercitar por cerca de 30 minutos, 4x por semana. Muitos achavam aquele esforço todo algo bobo e sem necessidade. Eu não. Depois da caminhada, veio o trote, veio a corrida e depois veio a natação, o triathlon, Meias Maratonas, Maratonas e grandes provas de triathlon. Não adianta, quer comer???? FAÇA EXERCÍCIOS! Acha caro ir no médico? Ir na nutricionista? Pagar por uma Assessoria de Corrida para se exercitar com acompanhamento profissional? Com certeza tudo isso sai mais barato que a quantidade de dinheiro que você gasta comendo compulsivamente para se recuperar da bronca do médico ou porque está de mal com a vida.

    Uma frase que eu tenho para mim é que OBESIDADE É IGUAL AS DROGAS. Coloque em sua cabeça: VOCÊ É UM EX-GORDO E NUNCA SERÁ MAGRO. Deve acordar de manhã e agradecer por mais um dia magro. Não adianta, nunca poderá comer que nem magro ou coisa parecida. Não pense nisso.

    Eu comecei a praticar exercícios físicos porque JAMAIS tinha feito isso nos 30 anos que vivi preso a obesidade. Passei a fazer porque era algo diferente e hoje não me vejo vivendo sem isso em minha vida. Atualmente tenho a CORRIDA como meu modo de viver. É meu mantra, minha válvula de escape. Se eu estou bravo ou puto com algo, saio para correr. Se eu estou decepcionado, saio para correr. É saudável e faz tão bem para a cabeça quanto qualquer outra coisa, com a diferença que meu corpo agradece e minha auto-estima..

    Não adianta você vir aqui e reclamar que sua vida é uma merda e que depois de ir ao médico e escutar o que não queria, se acabou de comer. Você tem que por na cabeça que tem um filho, que tem uma família e que se você não tomar uma providência, em breve eles não terão mais você.

    E sobre suas dificuldades, eu sei o que é isso tudo. Já passei por elas. Após a minha cirurgia, tive entupimento no estômago. 2 anos depois tive que tirar a vesícula e depois de mais um ano, tive Hernia de Petersen (procura no Google para você ver, quase morri).

    Se te serve de incentivo, eu como de tudo. Como doces, chocolate, bebo refrigerante. Mas também como frutas, bebo água e larguei mão de Destilados, Cervejas, Cachaças. Bebo vinho as vezes. Enfim, levo uma vida normal, mas ao contrário de você, não desconto minhas dificuldades na comida.

    Minha rotina diária, além de levar filhos para escola, cuidar da esposa, trabalhar, estudar, também inclui de 1 a 2 horas de corrida por dia. Acordo as 5:30 da manhã para poder dar tempo de fazer tudo e hoje me esforço para manter os meus 73kgs. Então, só depende de você.

    Enfim, muita força para você.

  12. Fiz a cirurgia a 57 dias e desde o primeiro dia sentia um formigamento nas pernas, na altura do femur em seu lado externo, mas me falaram no hospital que era devido a anestesia que eu tinha tomado na coluna. Tudo bem, porém o formigamento persiste até hoje, e na perna esquerda, além do formigamento, tem também uma dor insuportável, parecendo que há um bicho roendo ela por dentro, não no osso, mas na carne mesmo. Tá difícil até pra dormir. Gostaria de saber vocês conhecem alguém que já sentiu ou sente esses formigamentos ou essa dor. Conversei com algumas pessoas e cada uma me diz uma coisa diferente. A minha médica disse que é o músculo emagrecendo também. Minha esposa fez a cirurgia e não sentiu nada disso. Tô muito confuso.

  13. Querido Fernando,

    Estive visitando seu blog e me senti muito confortável ao ler palavras simples e sinceras. Mesmo na sua indignação você se mostra aberto.
    Quanto ao ocorrido, encare como as pedras pelas quais temos que passar, o segredo está em resistir às adversidades, tirar delas o maior proveiro possível e o que não presta deixar ir.
    Tenho 5 meses e 9 dias de operada, vou te confessar que estou bem satisfeita com os resultados e ando na linha, morrendo de medo de exagerar.
    Faço acompanhamento psicológico e creio que o sucesso mora aí. Experimente vale a pena.
    ANIME-SE você é um vencedor, chegou até aqui! APRUME-SE vamos à luta!!!!

  14. Fernando!!!

    Sim, novamente eu!!! Achou que eu ia sumir daqui né???

    Pois é… o que eu te disse logo lá no começo do seu blog, quando disse para você tomar cuidado, por que do jeito que estava se alimentando com 3 meses de cirurgia iria voltar a engordar novamente…

    Eu não posso cuspir para cima, pq cai na testa, me casei em fevereiro do ano passado e confesso que dei uma engordadinha, mas nada comparado à você!

    Cara… o Dr. Marçal e toda sua turma são realmente uma bosta… eu quase morri por irresponsabilidade do Dr. Paulo Fernando em dizer que as minhas dores pós cirurgias eram psicológicas e que eu não tinha nada e quando cansou de ver, me internou com tramal na veia e não fazia nenhum exame. Minha mãe teve que levar o médico da família de fora para intimar o Dr. Paulo a me pedir uma tomografia, onde foi constatado uma aderência intestinal e 3 litros de bílis acumulada em meu estômago, que ainda com os grampos, poderiam ter suporado a qualquer momento e eu morreria de infecção generalizada. Logo depois do exame, voltei para a mesa de cirurgia e lá no centro cirúrgico, além de mim, cagando nas calças estavam toda a equipe, eu disse toda: Marçal, Dr. Paulo Fernandes, Dr. Renato e o Dr. Ricardo…

    E por isso, que depois de ter tirado a vesícula com o Dr. Paulo por videolaparoscopia, troquei de equipe médica.

    Adendo: 2 anos depois da cirurgia comecei a ter crises de vesícula e precisei operar. NÃO EXISTE OUTRO TRATAMENTO ALTERNATIVO PARA QUEM FEZ CIRURGIA BARIÁTRICA. OU VOCÊ TIRA A VESÍCULA OU MORRE COM ELA ENTUPIRA.
    A cirurgia é super tranquila, você opera pela manhã e no dia seguinte pela manhã já tem alta. Esse lance de não poder comer a sua gordurinha da picanha é um mero mito para quem já é operado do estômago e que de vez em quando por causa da cirurgia de redução acaba passando por uns apuros intestinais. Nada muda!

    Mas voltando ao seu post de hoje, fiquei muito chateada de ler tudo o que você escreveu. Da época que vc parou de escrever até agora achei que você tinha dado a volta por cima e recuperado seu tempo perdido…

    Sinto lhe informar, mas, por mais idiota que o Dr. Marçal seja, ele tem razão. Se você continuar comendo assim, vai voltar fácil ao peso que você tinha quando operou ou até mais… Ouvir a realidade é realmente dolorido, mas não é desculpa para cada vez que você der um passo para trás, você se afundar na comida.

    Não use desculpas: não diga que está estressado, que está sem tempo, que isso, que aquilo… COMA FRUTAS PELO AMOR DE DEUS!!!! Você tem um filho agora, quer maior exemplo que você pode dar a ele???? Você quer que ele tenha você como exemplo e seja um futuro gastroplastizado passando por todo esse sufoco que passamos?

    Volte a fazer terapia, procure uma atividade que te dê prazer, tenha um hobby que não tenha ligação com comida…. enfim, procure ajuda… não sei se você percebeu, mas só a ajuda da sua esposa não está ajudando… você precisa de algo mais rude, sinceramente, nem sei mais o que te falar….

    A primeira vez que passei com o Marçal ele me disse: você vai operar o estômago e não a cabeça, sua cabeça vai continuar sendo de gordo, então, você vai ter que aprender a controlá-la… isso foi a única coisa de útil que ele me disse durante todo o tempo que estive com a equipe e eu tenho isso comigo até hoje, sempre quando quero extrapolar eu lembro dessa frase.

    Não sei se te ajuda e nem sei se você gosta, mas estou fazendo a dieta da proteína e que para mim é uma maravilha pq adoro carne, dá uma tentada:
    http://www.dietadukan.com.br

    Boa Sorte e desculpe mais uma vez pela sinceridade…

  15. Fernando, boa noite !

    Acompanho o seu blog desde que decidi fazer a cirurgia (farei em breve) e agradeço muito pela sua coragem em demonstrar para as pessoas que a cirurgia não é só o fim do processo, mas sim o começo. Por esse motivo, me senti no direito de perder um tempinho para lhe escrever. Vamos por partes então:

    Troque de médico: Para chegar a conclusão de que eu deveria operar, passei por 03 médicos. Estou indo para a 4º que é a que realmente eu vou operar pois o meu convênio cobre a cirurgia integral com ela. Mas procurei informações e também verifiquei pessoas que também fizeram a cirurgia com ela para me certificar sobre a escolha. Um deles é o que eu mais me identifiquei, que é o Dr. Sizenando Ernesto de Lima, que percebi que tem muita preocupação com seus pacientes no pré e no pós operatório e a Dra. Paula Volpe com quem provavelmente vou realizar a minha cirurgia.

    A cirurgia da vesícula é menos traumática do que a Bariátrica. Em uma semana já estava exercendo as minhas atividades normais, apesar do médico fornecer um atestado de 15 dias. Eles vão inclusive aproveitar os furinhos da sua gastroplastia se foi por laparoscopia. E não existe outro tratamento, pois a vesícula é mais um daqueles órgãos inúteis, como o siso e o apêndice. E se você não operar, vai sofrer de dores alucinantes se ela inflamar e pode inclusive morrer se não chegar logo ao hospital. E não é uma doença apenas de quem fez a cirurgia, porém o público alvo é de mulheres e obesos.

    Você sabia que cerca de 20% das pessoas engordam depois da realização da cirurgia? Algumas pessoas mais, outras menos, mas já ouvi casos de cirurgias mais antigas onde a pessoa engordou tudo o que emagreceu, ou seja, isso não é um problema só seu. Mas é claro que essas pessoas não tem a mesma coragem que você. Tenho uma colega no trabalho que fez a cirurgia mas já consegue comer normalmente. Apenas para comparação, em um horário de almoço, ela consegue comer 1 pastel, especial + 1 pastel normal + 1 pastel doce, ou seja, se você não se cuidar, volta tudo ao normal.

    Ao me consultar com uma psicóloga expor para ela o meu problema pessoal que me fez engordar, ela me informou que existe uma grande possibilidade de eu ter algum problema no cérebro que não libera uma dose alta de endorfina quando estou com problemas de stress. Isso explica em partes a minha compulsão por doces. Já marquei um psiquiatra para verificar isso e te aconselho a fazer o mesmo, pois identifique a mesma compulsão em você. É isso ! Boa sorte !

  16. Oi Fernando! Eu li teu blog antes de fazer a minha ciru. Farei 1 ano de ciru dia 10.07
    Aí depois da ciru, eu lembrava teu nome , mas não o nome do blog. Pena, pois perdi muita coisa. Aí hoje, lendo o blog de uma garota chamada cíntia, vi um comentário sobre vc (mas não sabia que era vc) Aí entrei no blog que ela indica pra ver quem é essa pessoa que ela falava, e aí pra minha surpresa era vc! Era teu blog que eu queria tanto reencontrar ! Que sorte! Assim, por acaso!
    E então que eu me atualizei de tudo e agora vou ficar vindo aqui assiduamente para ler mais! Eu pesava 125 kg e perdi 43 em 10 meses. Ainda tenho que perder mais 12 para ficar com 70kg, mas assim como vc eu não gosto de exercícios, e então comecei a caminhar e parei na primeira semana! Agora vou comprar uma esteira pra ver se em casa dá mais coragem! Rsrsrs Quem sabe assistindo tv e caminhando eu consigo não desistr? Hahahha bom, é uma ideia, né? Bjs.

  17. CADE VOCÊ?…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

  18. FRACASSADO. FAS A OPERAÇÃO E QUER CONTINUAR COMENDO UM CAMINHÃO DE COMIDA. TU DEVIA APAGAR O BLOG, POIS TEU FRACASO SERÁ UM PESSIMO EXEMPLO PARA TODOS. TU DEVIA TER PENSADO ANTES DE TER FEITO A CIRUGIA E NÃO FICAR AGORA DANDO UMA DE COITADINHO , QUE NÃO CNSEGUE EMAGRECER, TOMAR VERGONHA NA CARA. FELIZMENTE NÃO TE CONHEÇO, POIS SE TE CONHECESSE TERIA VERGONHA DE DIZER QUE TE CONHECIA, MENTE GORDA, CORPO GORDO, PESSOA GORDA, VAI MORRER EMPANTURRADO DE COMIDA.

    1. Guria, tu deve ser esposa do médico que ele criticou, ou alguém sem cérebro! Sem coração.. Cala a boca sua retardada!!! Você já foi gorda para saber??? Se foi também cada um sabe da sua vida! Toma vergonha na cara você sua imbecil… Graças a Deus que ele não te conhece, porque eu no lugar dele se conhecesse quebrava a tua cara..

    2. Ah.. outra coisa, aprende escrever sua analfabeta funcional! Ele é gordo, mas trata-se de pessoa mais instruída que você. Faz é Z e não com S.. Fracasso é com dois S e não um só; péssimo tem acento; etc..etc..etc.. Afff.. Os erros nem se justificam porque até aqui tem correção para erros ortográficos.. Sua ameba… Se não tem respeito pelo outro e gosta de criticar, aprenda a escrever primeiro. Se ele é uma mente gorda, corpo gordo, pessoa gorda, pelo menos não é burro feito você…

      1. eu sô profeçora de portugueis, aleim do mas eu fui obessa e fis operasão, estô liMda , gatta, emagrasi 50 ql , e este fernando é mesmo um vensido, que perdeu a bataia com a cumida, agora emgele vaca , kkkkkkkkkkkkkkkk PODE ATÉ ME CORRIGIR NA ESCRITA , MAS NÃO PODE JAMAIS SER A DONA DA VERDADE, ELE É MESMO UM VENCIDO, SE TU ACHA QUE NÃO, LEIA O BLOG, AGORA NÃO VENHA AQUI DANDO UMA DE AMIGUINHA, POIS TALVEZ NEM SAIBA NA REALIDADE QUE ELE SEJA, NUNCA CONVIVEU COM OS PROBLEMAS, DECEPÇÕES DELE, AGORA VEM QUERENDO DAR UMA DE BOA PESSOA, DEFENDENDO ELE, SE TU TIVESSE UM POUCO DE RESPEITO PELA PESSOA DELE, JAMAIS, JAMAIS VIRIA AUI DEFENDER ELE, DIZENDOQ UE ELE É VENCEDOR, ELE É UM PERDEDOR SIM, TU PODE FICAR ZANGADINHA, PODE ATE PULA NA FRENTE DE UM CAMINHÃO, MAS A VERDADE NÃO PODE SER MUDADA, ENTÃO FICA NA TUA VACA. E EU ESCREVO FES E PRONTO, VAI PRA UMA SALA DE AULA E “ENCINAR” A ESCREVEREM CORRETO, APROVEITA E LEVAR O PERDEDOR CONTIGO. O QUE ESPERAR DA FRAN, DEVE SER UMA FRANCISCA KKKKKKKKKKK

  19. Oi Fernando! lh eu aqui d novo!! Pois meu,depois que minha ciru sou uma nova pessoa. vejo que tu tem uma mente muito fraca, ja meu caso foi diferente, me preparei muito antes de fazer a minha ciru, ja tu não, não queria dizer, mas chega a ser deprimente tua reação a comida, precisa urgete de um psicologo, tua doença e não somente no prato (CHEIO RS) mas principalmente a tua cabeça. Muitas pessoas fracas igual a tu nem devia pensar em fazer a ciru pois jamais conseguiram ter a meta de emagrecimento. Lamento, mas é a mais pura verdade, TU É MUITO FRACO. Eu estou muito feliz, consequir ir alem das metas, pois tem força de vontade, estou linda, tenho muita pena de você. Ciru não é coisa para pessoas fracas, fica ai o aviso vendo este blog. Não sigam o mal exemplo do amigo Fernando, se ele não conseguiu vencer a depencia pela comida, não fiquem triste , não será um caso como o dele de fracasso que ira te fazer perder tambem a luta. Bjs.

  20. Eu discordo da pessoa acima. Vc não é fraco, Fernando. Precisa apenas encontrar sua força e saber que é mais forte que a compulsão.
    Força! Só não tem jeito para a morte.
    E a todos que irão fazer a cirurgia: força, pessoas.Mudar hábitos não é fácil, mas não é impossível. Deus nos fez vencedores em potencial. Portanto, vamos nos apossar da vitória, que depende apenas de nós.

  21. Eu concordo com a pessoa acima. Vc é fraco, Fernando. Precisa ter vergonha na cara e pelo menos lutar com contra compulsão.
    Força só não adianta!
    E a todos que irão fazer a cirurgia: ter que ter vergonha na caras.Mudar hábitos é facil, para quem tem uma meta e não para um fracassado, mas para o Fernando é impossível. Deus nos fez vencedores em potencial. Portanto, vamos nos apossar da vitória, que depende apenas de nós.

  22. EU MORRO DE RI DESTE TIPO DE BLOG, DE OBESOS QUE FIZERAM BARIATRICA, ENGRTAÇADO QUE PASSARAM A VIDA SENDO OBESOS, E FZEM OPERAÇÃO E DE REPENTE FAZEM BLOG ENSINANDO A COMER, DANDO DICAS DE DIETAS, ISSO É DEPRIMENTE, QUEM É UM OBESO PARA DAR DICAS DE DIETA, SÃO ESTÃO MAGROS POIS CORTARAM O ESTOMOGO. EU FAÇO UMA APOSTA , QUALQUER PESSOA QUE FIZER A MESMA DIETA QUE UM OPERADO FAZ VAI PERDER O MESMO TANTO DE PESO NOS PRIMEIRO MESES. AGORA ME POUPEM SEU BANDO DE OBESOS, E ÃO FIQUEM ILUDINDOS AS PESSOAS QUE QUEREM EMAGRECER E FICAM PASSANDO UMA FALSA IMPRESSÃO DE QUE FAZ BARIATRICA E COMEÇA UMA NOVA VIDA, POR PASSE DE MAGICA. A PESSOA É OBESA POR TER POR TODA UMA VIDA SE EMPANTURRADO DE COMIDA, E NÃO VAI SER APENAS UMA PEQUENA PARTEQ UE DEPOIS DA OPERAÇÃO VAI REALMENTE FAZER UMA REEDUÇÃO ALIMENTAS, A GRANDE MAIORIA VOLTARA A COMER COMO ANTES, E LOGO VOLTARARÃO A SEREM OBESOS. ESPEREM UNS 20 ANOS E VERÃO A GRANDE TRAGEDIA QUE FOI AS OPERAÇÕES QUE FAZER HOJE, POIS 1 ANOS SEM UMA ALIMENTAÇÃO SAUDAVEL É UMA COISA, VIVER 10, 15 , 20 ANOS, VAI SER UM DESASTRE. AGORA VOU RECEBER VARIAS CRITICAS, CREIO QUE SÓ PODEM SEREM PESSOAS CONTRATAS DOS MEDICOS E CRINICAS QUE ESTÃO GANHANDO MILHÕES EM CIMA DE UMA MENTIRA, POIS SOMENTE ELES QUE GANHAM EM CIMA DISSO TUDO. BANDO DE OBESOS IDIOTAS, VÃO CORRER, DEIXEM DE SE EMPANTURRAR DE COMIDA, A VIDA É MUITO , MUITO MAIS DO QUE COMER, COMER É APENAS A FORMA DE MANTER O CORPO, TER O COMBUSTIVEL PARA VIVER, QUEM TEM A COMIDA COMO UMAS DAS MELHORES COISAS DO MUNDO, PRECISA ACIMA DE MAIS NADA DE UM BOM MEDICO DE CABEÇA, POIS A VIDA É MUITO, MAS MUITO , MUITO, MUITO, MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO MAIS DO QUE COMIDA.

    1. Nossa, vai aprender a escrever, foi até dificil de entender o que você quis dizer. E aprenda a etiqueta da internet, não se escreve de caixa alta. E olha, obesos, são os que mais sabem e entendem de dieta minha filha, porque como eu, tivemos que fazer isso a vida inteira, só não colocamos em prática de formas contínua. A cirurgia, te obriga a ter uma reeducação alimentar, e você deve manter isso, não é a cirurgia que te emagrece, pois os resultados dependem da sua disciplina.

  23. JACHEGOU AOS 145? APOSTO QUE SIM. QUE PENA AMIGO, PERDEU TEMPO, PERDEU O DINHEIRO DA CIRU, E AGORA TA DOENTE PARA O RESTO DA VIDA. COMO TE DISSE, CIRU É COISA PRA PRA PESSOAS QUE TEM FORÇA DE VONTADE. FICA O EXEMPLO PARA AS PESSOAS QUE VÃO SE OPERAR NÃO COMETER OS ERROS QUE VOCÊS COMENTEI. TENHA UM BOM DIA AMIGO.

  24. OLHE FERNANDO AO A QUEM POSSA INTERESSA, ESCREVER UM BLOG , QUERENDO TIRAR AS DUVIDAS DAS PESSOAS, MOSTRANDO SUA VIDA , E DE REPENTE DESAPARECE, ISSO NÃO SE FAZ, SE QUERIA FAZER UM BLO DEVIA TER PENSADO BEM ANTES DE TER COMEÇADO, SE NO MOMENTO DESISTIU DE ESCREVE PELO MENOS APAGUE SEU BLOG, SERIA O MAIS CORRETO, NINGUEM QUE ENTRA AUI, NINGUEM QUE DEU OPINIÃO , FEZ COMENTARIOS, NINGUEM QUE FALOU BEM OU MAL DE SEUS ACEROTS E ERROS SÃO CULPADOS POR TU NÃO TER CONSEGUIDO ALCANÇAR TUA META, PODEM ME CHAMAR DE CHATA, MAS TU E TODS DO QUE JA ENTRARAM AQUI SABEM QUE NÃO SOU. AGORA FICA FACIL CRIAR UM BLGO PARA RECEBER ELOGIOS, E QUANDO COMEÇA A ERRAR (O QUE QUASE SEMPRE ACONTECEU CONTIGO DEPOIS A CIRU) NÃO ACEITAR AS OPINIÕES CONTRARIAS, ISSO É COISA DE CRIANÇA BIRRENTA. TE DISSE E SEMPRE VOU DIZER , CIRU NÃO É PARA QUEM QUER , E SIM PARA QUEM CONSEGUE MANTER O EQUILIBIO. EU TE DIGO MEU CASO, FIZ A CIRU E FOI MELHOR DO QUE AS EXPECTATIVAS MINHAS E DE MEUS MEDICOS, PORQUE? POIS EU TIVE CABEÇA, SEGUI A RISCA TUDO, E NÃO FIQUEI RECLMANDO DE TUDO, OU COMENDO DE TUDO COMO VOCÊ FEZ, CIRU É COISA SERIA, E EU SOUBE DISSO ANTES DE FAZER, POR ISSO O MEU SUCESSO, JÁ O SEU FRACASSO NÃO PODE SER ATRIBUIDO A OUTRA PESSOA SE NÃO VOCÊ. VOCÊ QUE ERROU, VOCÊ QUE FEZ TUDO PARA DAR ERRADO, E NÃO VENHA COM OFENSA PARA MIM, SABE QUE TENHO RAZÃO. NOVAMENTE DIGO, SE NÃO QUER RECEBER CRITICA, FAÇA O CERTO OU ENTÃO APGUE ESTE SEU BLOG , POIS NÃO TA SERVINDO DE NADA, APENAS MESMO PARA VER QUE VOCÊ NÃO PASSA DE UM ENORME FRACASSO. PODEM VOCÊ OU OUTRAS PESSOAS ME CRITICAREM, MAS A VERDADE É ALGO QUE NÃO SE PODE ESCONDER , ATE PODE TENTAR, MAS UM DIA VAI APARECER E TODOS SABERAM. PELO MENOS EU POSSO SABER QUE TIREI DOS SUES ERROS COIAS BOAS PARA O MEU SUCESSO E ESPERO QUE DO SEU FRACASO MUITAS OUTRAS PESSOAS POSSAM VENCER. SEI QUE É TRISTER , MAS É A VERDADE. BJS DE SUA AMIGA.

  25. Oi Fernando.
    Não te acho fraco, a obesidade é uma doença, não falta de vergonha como muitos pensam… Fiz a Capella em 2003(13 anos) e até o 5° ano não engordei nada. Tive um filho e voltei ao peso anterior. Depois do 7° ano e depois de uma depressão que alterou meu padrão de sono, comecei a engordar, mesmo não conseguindo comer grandes quantidades (talvez algumas coisas mais calóricas), pequei sim pela falta de exercício físico, mas meu joelho nunca ajudou. Te entendo e sei quanto é difícil, falar e julgar o outro é fácil prata todos.
    Ganhei no total 30 kg, exatamente a metade do que emagreci.
    Hoje estou verificando a possibilidade de aplicação de plasma de argônio, eficaz no reganho de peso. VC já verificou essa possibilidade? Um abraço e seja feliz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *